publicidade

Navegue por
Pedro

Comércio

Blumenauense gastará menos com presentes de Natal para priorizar pagamento de dívidas

Compartilhe

Por Pedro Machado
06/12/2018 - 09h59 - Atualizada em: 06/12/2018 - 10h01
Foto: Patrick Rodrigues

O blumenauense deve ser mais comedido nas compras de presentes de Natal neste ano, indica pesquisa divulgada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços de Turismo de Santa Catarina (Fecomércio-SC). De acordo com o estudo, o consumidor local irá desembolsar, em média, R$ 473,91 na principal data do ano para o varejo, valor abaixo da projeção estadual, de R$ 486,80. O gasto previsto é bem menor do que os R$ 531,84 verificados em 2017 e ainda mais tímido frente aos R$ 585,96 vistos em 2016.

Curta Pedro Machado no Facebook​​​​​​​

Leia mais notícias de Pedro Machado​​​​​​

Sinal de crise? Não necessariamente. Conforme o levantamento, 47,2% dos entrevistados disseram que a condição financeira da família melhorou em 2018 em relação ao último ano. O que pode explicar essa disposição em gastar menos na data é uma maior consciência sobre o orçamento. A Fecomércio-SC apurou que apenas 12,4% dos blumenauenses pretendem usar o 13º salário para comprar presentes de Natal. É o menor índice entre as sete cidades que integram a pesquisa. Em Joinville e Itajaí, por exemplo, o indicador chega a 21,2%.

Na outra ponta, 54,1% dos consumidores afirmaram que pretendem usar a remuneração extra para pagar dívidas. Novamente é o maior índice de Santa Catarina – a média estadual ficou em 37,5%. Outro dado que reforça a percepção de maior zelo com as finanças: 62,5% dos blumenauenses pretendem quitar as compras à vista, no dinheiro. Essa é a melhor maneira, dizem especialistas, de evitar a inadimplência.

Analista econômico da Fecomércio-SC, Luciano Córdova reforça essa leitura. Ele cita outras pesquisas feitas pela entidade que mostram que aumentou, nos últimos meses, a quantidade de blumenauenses que têm intenção de pagar as dívidas em atraso. Historicamente, avalia o especialista, moradores do Vale são mais cautelosos nas decisões de consumo e só buscam gastar quando estão em melhores condições financeiras.

Comércio
Alguns dados da pesquisa
(Foto: )

Aliás

Apesar da projeção menor para o gasto médio com presentes de Natal, o uso do 13º salário para o pagamento de dívidas é uma boa notícia para o comércio de Blumenau. Quem está com o nome sujo evita fazer novas compras. Com os débitos regularizados, as pessoas tendem a consumir mais.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação