nsc
    nsc

    Economia

    Coronavírus: comércio de Blumenau deve priorizar pagamento de funcionários, diz sindicato

    Compartilhe

    Pedro
    Por Pedro Machado
    18/03/2020 - 14h45 - Atualizada em: 18/03/2020 - 14h53
    Rua XV de Novembro em Blumenau
    Foto: Patrick Rodrigues, BD

    Com lojas fechadas – e muitas que ainda fecharão – após o decreto do governo do Estado que determinou a suspensão das atividades do comércio em geral, a prioridade número um dos empresários do setor deve ser o pagamento dos funcionários, diz o presidente do Sindilojas Blumenau, Emilio Schramm.

    ​Em site especial, saiba tudo sobre coronavírus

    — O que estamos recomendando aos associados é que honrem os compromissos com os funcionários. É a prioridade absoluta — diz o empresário.

    Neste momento de isolamento em função do novo coronavírus, o mais importante, reforça o dirigente, é zelar pela saúde e pelo bem-estar dos colaboradores, no que for possível. Isso passa por honrar a folha salarial, já que as pessoas precisam de dinheiro para comprar itens e produtos de primeira necessidade.

    Sem movimento, o varejo certamente perderá receita, e a apreensão maior é com os lojistas de pequeno porte, alerta Schramm. Caso falte caixa para cobrir tudo, a orientação do Sindilojas é negociar a prorrogação de pagamento junto a fornecedores, por exemplo, até que a situação se normalize.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas