nsc
    nsc

    Economia

    Empresa têxtil de SC escapa de fechar com produção de máscaras personalizadas

    Compartilhe

    Pedro
    Por Pedro Machado
    15/04/2020 - 10h40 - Atualizada em: 15/04/2020 - 18h39
    Máscaras personalizadas
    Peças customizadas estão sendo encomendadas pela internet (Foto: Divulgação)

    De uso inicialmente recomendado a obrigatório, seja no comércio, na indústria ou em prestadores de serviços, máscaras de tecido estão se tornando peças adicionais no uniforme de trabalho.

    ​​​​​​​> Em site especial, saiba tudo sobre o novo coronavírus

    A Form, uma pequena fábrica têxtil de Ascurra, se antecipou à tendência: no início do mês começou a personalizar esses equipamentos de proteção individual com logotipos de empresas. A ideia caiu nas graças do mercado e desde então as encomendas não param de chegar, conta o proprietário da marca, Michel Jaques:

    — Foi a salvação da lavoura. A gente se viu prestes a fechar as portas.

    > Coronavírus: deputados aprovam retorno de atividades físicas e religiosas em Santa Catarina

    A Form se especializou na produção de uniformes escolares e esportivos. Com a suspensão das aulas e das competições, a empresa aparentava estar em um beco sem saída, mas encontrou na customização de máscaras de tecido uma maneira de sobreviver à pandemia.

    Só na primeira semana, Jaques diz ter produzido mais de 10 mil peças. O volume de pedidos, além de preservar os 20 empregos diretos gerados, também está ajudando a complementar a renda de pequenas facções da região que foram impactadas pela redução da produção da indústria têxtil, que vem demitindo funcionários.

    Além das máscaras para empresas, a Form também criou uma linha de uso pessoal. Peças com escudos de times de futebol e estampas de flores, frutas e personagens de desenhos estão entre as opções, que podem ser encomendadas pela internet. Segundo Jaques, o plano é colocar esses produtos à venda também no varejo.

    > Painel do Coronavírus: veja em mapas e gráficos a evolução dos casos em Santa Catarina

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas