nsc
    nsc

    Negócios

    Fábrica de brinquedos de Pomerode reestrutura negócio e cria novo grupo empresarial

    Compartilhe

    Pedro
    Por Pedro Machado
    09/03/2020 - 15h08
    Calesita
    Empresa produz dois milhões de brinquedos de plástico por ano (Foto: Pedro Machado, BD)

    A fabricante de brinquedos Calesita, de Pomerode, está passando por uma ampla reestruturação. A empresa decidiu separar linhas de negócios, processo que resultou na formação de um novo grupo empresarial formado por três companhias independentes: Calesita, que produz a linha de rodados (carrinhos de passeio, patinetes e velocípedes); Tateti, especializada em brinquedos educativos; e a Malgher, unidade criada em 2019 para abastecer a empresa com matéria-prima e que, a partir de agora, passará a oferecer serviços de injeção de plásticos para o mercado nacional.

    Fundador da Calesita, o empresário Osvaldo Vacinaletti diz que a separação vai proporcionar mais agilidade na estratégia operacional, que inclui expansão internacional. As marcas já são comercializadas em mais de sete mil lojas multimarcas no Brasil e exportadas para países como Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile e Venezuela.

    — As marcas Calesita e Tateti passam a partir de agora a trabalhar mais focadas, cada uma em um segmento próprio, desenvolvendo pesquisas de novos produtos e estratégias particulares para se relacionar de uma forma ainda melhor com os distribuidores e, principalmente, melhor atender à demanda dos consumidores, nas diferentes faixas de idade, detectando as tendências de cada mercado — conta Vacinaletti

    Ao longo de 2019 o grupo investiu cerca de R$ 16 milhões em uma nova planta industrial dentro do complexo instalado em Pomerode. Para este ano está previsto um aporte adicional de R$ 6 milhões na Malgher, principalmente na compra de novas máquinas para aumentar a capacidade de produção.

    O novo grupo já nasce com um time de 320 colaboradores, com previsão de aumento de 20% no quadro até o fim de 2020. Mesmo com a economia patinando nos últimos anos e diante de uma mudança de perfil do seu principal público – as crianças –, a empresa soube se reinventar, como a coluna mostrou em reportagem publicada em junho passado. A criação de um novo grupo é só mais um passo dentro desse processo.

    — Acima de tudo, a formação do Grupo Calesita é um desafio para todos nós, da direção aos colaboradores nas fábricas. Como todo processo de transformação, poderão surgir dificuldades que vamos superar com o comprometimento de todos. Mas estamos convictos de que estamos preparando a empresa para o futuro, para cumprir a nossa missão. Os valores e os princípios que acompanham a Calesita desde a sua fundação permanecem inalterados — acrescenta Vacinaletti.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas