nsc
nsc

Reajuste

GNV vai ficar mais caro para os catarinenses a partir de janeiro

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
20/12/2018 - 18h40 - Atualizada em: 21/12/2018 - 07h31
Reajuste do gás natural veicular chegará a 6,96% (Foto: Patrick Rodrigues, BD)

O gás natural vai ficar mais caro no Estado a partir do dia 1º de janeiro, anunciou a Agência Reguladora de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc).

Os maiores reajustes serão no GNV (+6,96%) e no segmento industrial (+6,73%). Para o comércio, o aumento será de 4,5%, e para as residências, de 3,56%. Os preços do insumo já haviam subido em outubro.

O incremento acompanha a flutuação do dólar e os valores de uma cesta de óleos internacionais, como o petróleo.

Confiança em alta

O nível de confiança dos empresários medidos pela Confederação Nacional da Indústra (CNI) atingiu, numa escala de 0 a 100, 63,8 pontos neste mês, o maior índice desde junho de 2010. O indicador está 9,6 pontos acima de sua média história, de 54,2 pontos. Quanto mais próximo de 100, mais otimismo com o desempenho da economia.

No geral, a percepção é de melhora nas condições dos negócios, muito em função das expectativas com a troca de governo.

Para cima

Economistas de instituições financeiras elevaram a projeção de crescimento do PIB brasileiro em 2019 de 2,53% para 2,55%, conforme o último boletim Focus, do Banco Central. Para 2018, a expectativa se manteve em 1,3%. Ainda para o ano que vem, as estimativas são de inflação de 4,07% e taxa de juros (Selic) a 7,5% ao ano.

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas