publicidade

Navegue por
Pedro

Corte na carne

Novo presidente da Fiesc prepara enxugamento de gastos da entidade

Compartilhe

Por Pedro Machado
05/12/2018 - 14h09 - Atualizada em: 05/12/2018 - 14h09
Mario Cezar de Aguiar assumiu o comando da federação neste ano (Foto: Marcos Campos, Divulgação)

Convidado da reunião de segunda-feira da Associação Empresarial de Blumenau (Acib), o presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Mario Cezar de Aguiar, falou das primeiras semanas à frente da mais importante e representativa entidade empresarial de Santa Catarina.

Curta Pedro Machado no Facebook​​​​​​​

Leia mais notícias de Pedro Machado​​​​​​

A um público formado por importantes industriais de Blumenau e região, abordou a perspectiva de enxugamento de gastos da federação. Das seis diretorias executivas, duas serão eliminadas. Outras estruturas do Sistema Fiesc também serão reduzidas.

A federação já havia anunciado a unificação da gestão do Sesi e do Senai no Estado, também com o objetivo de otimizar o uso de recursos e dos profissionais das duas entidades.

O orçamento será diminuído em 25% em 2019 para fazer frente à nova realidade financeira, em parte impactada pelo fim da contribuição sindical obrigatória. Como cobra de novos governos que façam a lição de casa e cortem na carne, a Fiesc tenta dar exemplo.

Gás natural

A tarifa de gás natural em Santa Catarina pode sofrer novo reajuste a partir de janeiro, de cerca de 6%. O alerta vem da Agência Reguladora de Serviços Públicos. A projeção pode mudar conforme a oscilação do dólar.

Expansão

Multinacional brasileira com sede em Jaraguá do Sul, a Duas Rodas inaugurou novas instalações em fábrica em Medellín, na Colômbia. Com o investimento, vai dobrar a capacidade de produção da unidade, que hoje fabrica aromas líquidos e em pó, frutas em pó, corantes e misturas em pó para frigoríficos.

Após a ampliação, também lançará uma linha de emulsões para bebidas. A companhia tem 93 anos de mercado e é especializada no desenvolvimento de aromas, extratos e desidratados, condimentos e aditivos e ingredientes para sorvetes e confeitaria.

Papel

A multinacional americana WestRock, que mantém uma unidade em Blumenau (antiga Rigesa), vai investir US$ 345 milhões, o equivalente a R$ 1,28 bilhão, na ampliação de sua fábrica de papel em Três Barras, no Norte de Santa Catarina.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação