nsc
nsc

Expansão

Número de cervejarias cresce sete vezes em SC em 10 anos

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
05/05/2022 - 15h14
Estado fechou 2020 com 120 estabelecimentos industriais classificados como fábricas de cerveja ou chope
Estado fechou 2020 com 120 estabelecimentos industriais classificados como fábricas de cerveja ou chope (Foto: Luís C. Kriewall Filho, Especial, BD)

O setor cervejeiro de Santa Catarina deu um salto expressivo em uma década. Entre 2010 e 2020, o número de fábricas de cerveja e chope cresceu sete vezes no Estado, de 17 para 120 estabelecimentos. Os dados foram compilados pelo Observatório da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc).

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

No mesmo período, o volume de empregos formais gerados pelo setor praticamente dobrou, indo de 784 para 1.498. Com proporções diferentes de crescimento entre fábricas e vagas de trabalho, as estatísticas sugerem um boom de cervejarias de pequeno porte, que empregam menos pessoas.

Em 2020, Santa Catarina alcançou o posto de estado com maior densidade de cervejarias por habitantes do Brasil. Eram 41,1 mil pessoas para cada cervejaria, segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Os relevantes números são consequência da difusão da cultura cervejeira local, fomentada nas festas de outubro e em eventos como o Festival e o Concurso Brasileiro de Cervejas. As duas exposições voltaram ao calendário de Blumenau em 2022 depois de um hiato provocado pela pandemia de coronavírus.

Conforme os dados apurados pela Fiesc, o setor fechou o ano de 2021 com um saldo positivo de 142 novos empregos criados em Santa Catarina, o equivalente a 16% do total de vagas abertas no segmento em todo o país. No primeiro trimestre de 2022, porém, houve perda de 25 vagas no Estado.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também

Havan capta R$ 550 milhões em primeiro movimento no mercado de capitais​

Venda de empresa de TI de Blumenau pode sair por mais de R$ 600 milhões

Rede de lojas vai fechar unidade em Blumenau e culpa alta de custos

Retirada de decoração revela "tesouro" escondido na Vila Germânica em Blumenau

Produtos criados por alunos rendem inédito pagamento de royalties à Furb

Revitalização da Rua XV de Novembro em Blumenau vai incluir transversais

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas