Navegue por

publicidade

Pedro

Economia

O esforço de Temer para tentar melhorar a própria imagem na reta final de mandato

Compartilhe

Por Pedro Machado
14/09/2018 - 15h48 - Atualizada em: 14/09/2018 - 15h48
Em vídeos publicados no Twitter, presidente destaca o que chama de feitos do governo (Foto: Reprodução)

Recordista em impopularidade e de saída do Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer (MDB) está se valendo das redes sociais para tentar melhorar a própria imagem.

Curta Pedro Machado no Facebook​​​​

Leia mais notícias de Pedro Machado​​

Em vídeos publicados no Twitter, ele pergunta se “você sabe o que meu governo fez por você”. Entre outros temas, cita que autorizou o saque das contas inativas do FGTS, foi responsável pela redução da inflação e aprovou a reforma trabalhista, todos fatores que na avaliação dele ajudaram o Brasil a sair da crise. Temer finaliza as esquetes dizendo que “avançamos, ninguém pode negar”.

Tudo isso realmente aconteceu, mas o indicador que mais reflete reaquecimento da economia e acaba sendo aquilo que mais importa de fato para a população, que é a geração de emprego, não decolou.

Quando Temer assumiu o governo, em maio de 2016 – ainda como interino, a posse definitiva ocorreu em agosto daquele ano –, a taxa de desemprego do Brasil era de 11,3%. Chegou à marca recorde de 13,7% no primeiro trimestre do ano passado e hoje está em 12,3%, atingindo cerca de 13 milhões de pessoas.

Tributos

As procuradoras de Blumenau Cleide Regina Furlani Pompermaier e Ângela dos Santos Farias apresentaram na quarta-feira ao presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, desembargador Rodrigo Collaço, o programa de transação de créditos tributários e não tributários.

Inédito no país, a iniciativa permite a revisão de dívidas referentes a taxas e tributos como IPTU e ISS, com possibilidade de descontos sobre os valores originais e isenção de juros e multas.

Na época do lançamento, em março, Collaço disse à coluna que o modelo deveria servir de exemplo para o Estado. Um evento, ainda em data a ser marcada, vai apresentar o projeto a outros magistrados catarinenses.

Degustação

A Escola Superior de Cerveja e Malte terá horários extras do mini curso de degustação de cervejas durante toda a Oktoberfest deste ano. Às segundas, quartas e sextas, além das 10h30min, haverá curso às 15h. A coluna já participou e recomenda.

Camisa

O faturamento da marca Dudalina, que pertence à Restoque, cresceu 15,7% no primeiro semestre de 2018 em relação ao mesmo período do ano passado. Em vendas, somou R$ 222,4 milhões, segundo melhor resultado entre as grifes do grupo, atrás apenas da Le Lis Blanc (R$ 355,4 milhões). A Dudalina, aliás, foi a única das sete marcas da gigante varejista a apresentar alta de janeiro a junho.

Frete mais caro

Levantamento da Confederação Nacional da Indústria (CNI) junto a 688 empresas industriais revela que 88% delas já perceberam aumento no custo do frete desde que a política de preços mínimos adotada pelo governo federal para atender reivindicação da greve dos caminhoneiros entrou em vigor. Em média, o reajuste foi de 12%. Como o acréscimo deve ser repassada para a ponta, a CNI diz que é a população quem vai pagar a conta.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação