Florianópolis

publicidade

Pedro

O que diz a Blumob sobre o aditivo ao contrato de concessão do transporte de Blumenau

Compartilhe

Por Pedro Machado
13/06/2018 - 15h33 - Atualizada em: 13/06/2018 - 15h33
Foto: Lucas Correia, BD

O diretor da Blumob, Maurício Garroti, enviou considerações ao blog sobre o post que destacou detalhes do aditivo ao contrato de concessão do serviço de transporte público de Blumenau, incluindo redução da potência mínima de motores dos ônibus novos que ainda serão incorporados ao sistema como forma de reduzir custos da operação.

Curta Pedro Machado no Facebook​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

Leia mais publicações de Pedro Machado​​​​​​​​​​​​

O executivo diz que as mudanças que estão sendo propostas, estudadas e implementadas não têm como objetivo “equilibrar nosso caixa”. Lembra ainda que no modelo de concessão adotado, por fluxo de caixa, o retorno da concessionária é definido e fixo.

— As medidas são, então, um grande esforço conjunto da Blumob, Agir, prefeitura e Seterb para que os benefícios obtidos sejam exclusivos ao sistema de transporte público da cidade, seja para equilibrar a tarifa nas revisões contratuais diante da queda de passageiros (comum nos sistemas urbanos de todo o país por "n" condições), seja para racionalização dos recursos e, tomara, resultar em algum momento em redução — avalia Garroti.

Ainda de acordo com ele, “nenhum resultado alterou ou alterará o que a Blumob tem como direito por prestar o serviço”. Garroti diz ainda que “a Agir, com seu papel de regulação, controla cada vírgula destes impactos via fluxo de caixa” e reforça o posicionamento já manifestado pelo presidente do Seterb, Marcelo Althoff, de que os resultados disso não prejudicarão ao usuário.

— Acredito que em breve, com os resultados que a Agir apresentará, todo este esforço ficará claro a todos. Realmente há um empenho enorme em racionalizarmos tudo que for possível, respeitando sempre o princípio de melhor atendimento, mas pensando no sistema como um todo, no coletivo.

Deixe seu comentário:

publicidade

Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação
Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação