nsc
nsc

Hotelaria

Reservas feitas pelo Airbnb em Blumenau crescem 77% durante o Carnaval

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
06/03/2019 - 07h51 - Atualizada em: 06/03/2019 - 07h53
Foto: Divulgação

Blumenau foi a quarta cidade de Santa Catarina com o maior crescimento do número de hóspedes recebidos em casas e apartamentos cadastrados no Airbnb durante o período de Carnaval, segundo dados divulgados pela própria plataforma.

O aumento, na comparação com o mesmo período de 2018, chegou a 77%. O mais provável é que se trata de gente que buscou um lugar sem muito agito nesse período.

Por falar em Airbnb, a plataforma lançou recentemente um departamento de transportes focado em melhorar a experiência de viagem – neste caso, o "durante" a locomoção até o destino escolhido. A nova área de negócios será liderada por Fred Reid, especialista em aviação com passagens por diversas companhias aéreas.

Até o final do primeiro trimestre deste ano, o Airbnb projeta somar mais de 500 milhões de pessoas hospedadas em imóveis anunciados na plataforma.

MPEs

O empresário Carlos Braga Mueller foi reeleito na última semana coordenador do Fórum Municipal Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte de Blumenau. O órgão tem 14 conselheiros, integrantes do poder público e de entidades de classe, e discute ações de fomento às MPEs da cidade.

Parcão

Ao menos três empresas de Blumenau manifestaram interesse em assumir a manutenção do Parque dos Animais Doutora Lúcia Sevegani, o Parcão, que fica atrás do supermercado Angeloni da Fonte. A Faema analisa as propostas. A iniciativa segue os mesmos moldes do projeto Adote uma Praça, da Secretaria Municipal de Conservação e Manutenção Urbana.

Agenda

Já anunciado no cargo, o ex-presidente da Petrobras, Ivan Monteiro, assume oficialmente no dia 11 de março como diretor vice-presidente financeiro e de relações com investidores da BRF.

Coleta de lixo

A Agência Intermunicipal de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos Municipais do Médio Vale do Itajaí (Agir) autorizou reajuste de 3,75% na taxa de coleta de lixo cobrada de moradores de Brusque. O aumento entrou em vigor neste mês e corresponde à variação da inflação oficial (IPCA) acumulada em 2018. O serviço é prestado pela empresa Recicle Catarinense.

Deixe seu comentário:

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Últimas do colunista

Loading interface...
Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas