publicidade

Navegue por
Pedro

Negócios

Vinte e sete empresas do Vale estão entre as 500 maiores do Sul do Brasil, mostra ranking

Compartilhe

Por Pedro Machado
13/11/2018 - 18h08 - Atualizada em: 13/11/2018 - 18h08
A Cia. Hering aparece na 53ª colocação do ranking (Foto: Patrick Rodrigues)

Das 500 maiores empresas da região Sul mapeadas em tradicional ranking feito pela Revista Amanhã em parceria com a consultoria PwC, cuja edição 2018 foi divulgada nesta terça-feira, 27 estão instaladas no Vale. Não são necessariamente companhias que aqui nasceram, mas que mantêm a matriz ou a principal unidade administrativa na região.

Curta Pedro Machado no Facebook​​​​​​​

Leia mais notícias de Pedro Machado​​​​​​

A lista é puxada pela Bunge, que tem operação em Gaspar. De Blumenau aparecem nomes como Cia. Hering, Cremer, Senior e Gráfica 43 S/A, entre outros. A relação completa, com as posições gerais e por Estado, está disponível aqui.

O posicionamento das empresas na lista leva em conta o Valor Ponderado de Grandeza (VPG), indicador desenvolvido especialmente para o ranking que reflete uma ponderação entre patrimônio (com peso de 50%), receita (40%) e lucro líquido (10%), três dos principais indicadores financeiros dos balanços de uma empresa. Para se ter uma noção, a Bunge, que teve receita líquida de R$ 38,3 bilhões em 2017, atingiu um VPG de R$ 19,9 bilhões, segundo mais alto da região Sul.

No total, Santa Catarina classificou 121 empresas entre as 500 maiores do Sul, oito a menos que a edição anterior do ranking. Entre as companhias do Vale que deixaram a lista, segundo a publicação, estão a Círculo, de Gaspar, e a Univali. Apesar disso, o Estado emplacou quatro representantes no top 10.

Mesmo em número reduzido, as empresas catarinenses apresentaram níveis de endividamento menores e margens de rentabilidade e liquidez superiores em comparação com companhias paranaenses e gaúchas.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação