nsc
nsc

Saúde

Lei das mochilas não é respeitada em SC

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
13/02/2022 - 13h50
Limite de peso nas mochilas não é respeitado em muitas escolas
Limite de peso nas mochilas não é respeitado em muitas escolas (Foto: Carlos Junior / A Notícia)

É inacreditável que em pleno século 21 onde os alunos são 100% digitais,  a escola particular ainda esteja no modo analógico. A se considerar o peso das mochilas e a quantidade de livros e apostilas exigidos (numa indústria milionária), conclui-se que estamos ainda na idade da pedra.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

> Acordo de leniência milionário cita 13 empresas e 20 agentes envolvidos com corrupção em SC

Parece que o interesse é mais comercial com a venda de apostilas caríssimas do que com a saúde das crianças e adolescentes obrigados a carregar mochilas pesadíssimas que comprometem sua saúde e, principalmente, a  coluna. Lei sancionada em 2010, pelo então governador Leonel Pavan, determina que a carga não poderá ultrapassar 5% do peso da criança da educação infantil, 10% do peso do aluno do ensino fundamental e 15% do peso do aluno do ensino médio.

Mas quem se importa ou fiscaliza?

Leia Mais:

Florianópolis enfrenta guerra ideológica até em deck de acesso à praia

É preciso explicar melhor por que o caso do “escravo particular” ficou parado quase 4 anos em SC

“Flagrante” de trabalhador em rede social leva à demissão por justa causa

Salários estagnados explicam dificuldade de contratação de trabalhadores em SC

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas