Uma reunião online na tarde desta quinta-feira (25) irá discutir a possibilidade de liberar o trânsito no acostamento em novos trechos na BR-101. Estarão presentes no encontro representantes da Arteris, PRF e ANTT e o foco da discussão será o trecho Norte.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Prefeitos da região pedem a liberação entre Porto Belo e a Ponte de Navegantes (40 km). A Polícia Rodoviária Federal (PRF) não concorda e coloca algumas condicionantes: permitir o uso do acostamento onde houver via marginal para as bicicletas e em trechos de acostamentos não muito estreitos, para garantir maior segurança.

VEJA FOTOS RECENTES DO CONTORNO VIÁRIO DA GRANDE FLORIANÓPOLIS:

Neste sentido, a PRF entende que se for para liberar, seriam 6 km, não contínuos, entre Itapema e Navegantes.

Continua depois da publicidade

O Superintendente da PRF em Santa Catarina, Manoel Fernandes, disse que o uso do acostamento não é o ideal.

— É horrível, mas é uma escolha que a sociedade faz entre mais fluidez e mais segurança. Quanto mais liberarmos o trânsito no acostamento, ganhamos em fluidez, mas perde-se em segurança — disse.

Fernandes entende que a decisão é da Arteris, responsável pela engenharia da estrada.

A Arteris só irá se manifestar após a reunião.

Leia Mais:

Turista vai no Google e atração inusitada “bomba” em dia sem praia em Florianópolis

Destaques do NSC Total