publicidade

Navegue por
Roberto

Futebol

A Seleção Brasileira melhorou ou exageramos?

Compartilhe

Por Roberto Alves
09/07/2019 - 03h15 - Atualizada em: 09/07/2019 - 03h15
(Foto: Carl de Souza / AFP)

Uma euforia tomou conta do país com a conquista da Copa América. Não vi futebol para tanto, mas dá para reconhecer a melhora na equipe brasileira. Ou quem sabe um pouco de fragilidade das outras seleções. Há considerações a serem feitas.

1 – Não temos hoje uma seleção base para a Copa do Mundo de 2022.

2 - Não sabemos que estratégia a Seleção usará para a Copa América do ano que vem.

3 – Haverá a partir de já uma renovação com vistas ao Mundial ou vamos continuar usando jogadores que sabemos não irão?

4 - A nova comissão técnica será formada pelo Tite ou pela CBF?

5 - Daniel Alves, Thiago Silva, Felipe Luís, Casemiro, Willian, entre outros, vão ao Catar?

6 - Tite está seguro no cargo mesmo com a conquista? Antes do Mundial temos uma outra Copa América. E se o resultado não for bom?

Guerra à vista

Depois da derrota para o Brasil, a Argentina, liderada por Messi, iniciou uma guerra contra o a Conmebol e o futebol brasileiro. Uma forma de justificar mais um fracasso. Chegou-se a cogitar uma possível filiação dos Argentinos à UEFA, que prontamente desmentiu qualquer chance.

Conmebol

Está na obrigação de punir Messi por suas declarações contra a entidade. Também Gabriel Jesus merece punição pela infantilidade de fazer gestos depois de sua expulsão domingo, sugerindo que o árbitro estava roubando o Brasil. Guerra à vista.

Nova tentativa

Divulgação
Michele de Souza
(Foto: )

Michele de Souza volta à presidência do Conselho Estadual de Desporto com uma reivindicação da classe: “Diminuir o número de indicações do Governo do Estado que são claramente de ordem política”.

Criação

Quando o Conselho foi criado, em 1992, eram 14 membros indicados e sete convidados pelo Governo. No formato atual temos 11 convidados e 10 representantes de entidades esportivas. Algumas indicações do Governo foram muito estranhas neste ano, com a área esportiva apelidando-as de “Clube da Luta”. É hora de rever o Conselho Estadual de Desporto.

Série B 

O Criciúma volta a campo nesta terça-feira (9), quando vai receber o Coritiba no Heriberto Hülse. Em 14º lugar com nove pontos ganhos, o Tigre precisa avançar um pouco mais na tabela. Jogo será às 21h30min. O time vem de alguns amistosos e trabalhou forte para o jogo desta terça.

Time pronto

O Figueirense, que só volta sábado, às 11h em Belo Horizonte contra o América-MG, tem o time praticamente definitivo. Não foge muito daquele que conquistou a Recopa.

Série A

A Chapecoense retorna domingo, às 19h na Arena Condá, para enfrentar o Atlético-MG. Na paralisação, a Chape realizou alguns negócios. O mais significativo foi a saída de Rildo para o futebol da Coreia do Sul. 

Novidade

A maior espectativa no Avaí é a formação que Alberto Valentim dará ao time em sua estreia sábado, às 17h, contra o Fortaleza, no Ceará.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação