nsc
nsc

Catarinense 2021

Catarinense 2021: O Marcílio Dias é a novidade

Compartilhe

Roberto
Por Roberto Alves
16/05/2021 - 07h00
marcailio-dias
Marinheiro eliminou o Juventus nas quartas de final do Estadual (Foto: Bruno Golembiewski, CNMD, Divulgação)

Entre saídas e entradas do Campeonato Catarinense o Marcilio Dias parece que voltou para ficar. E que bom que assim seja. O Marinheiro é peça fundamental para a valorização do futebol catarinense. Chegou à fase semifinal do Estadual, com méritos. Pode acreditar que vai enfrentar a Chapecoense com a autoridade de quem chegou até aqui.

Minha visão

Para ter alguma chance de eliminar a poderosa Chape o Marcílio terá de fazer primeiro uma vitória neste domingo, dia 16, e depois pensar em saldo de gols. Dito desta forma parece que é fácil conseguir. É a única chance de pensar em sucesso nesta fase a que chegou no Estadual. A decisão fora de casa impõe um bom resultado no primeiro jogo e isso tem que ser feito de forma paciente e com qualidade.

Favoritismo

É a palavra do momento que significa pouco. A teoria no futebol nem sempre funciona. A prática é decisiva. Neste momento, e todos sabem disso, a Chape é superior teoricamente. Precisamos considerar o fato de que os últimos jogos não têm sido bons, mesmo tendo eliminado o Figueirense. A saída de Umberto Louzer tem muito a ver com esta queda. A chegada de Mozart ainda precisa de mais algum tempo para o encaixe de sua forma de atuar com o elenco.

Mesmo assim é um grande time, o melhor do estado no momento com as vantagens de decidir todas em casa pela posição conquistada na fase de classificação.

O jogo

Analisar tecnicamente as duas equipes ou o esquema tático que usarão não acrescentará ao comentário. Sabemos que será um jogo equilibrado, com duas ausências no Marcílio (Luiz Menezes e David Batista) e o zagueiro Laércio na Chape (o que deve trazer Thiago Coser de volta àtiitularidade).

Diferença

A Chape tem Anderson Leite, Anselmo Ramom, Perotti, Léo Gomes, Moisés Ribeiro entre outros são destaques no Verdão do Oeste. O Marcilio Dias tem outras ausências que podem interferir no rendimento do time, como o lateral Paulinho, o zagueiro Magrão e o meia Daniel Pereira.

Gustavo Henrique pelo meio-campo, Anderson Ligeiro no ataque e até Nathan Cachorrão, que hoje está no banco, mas entra durante o jogo e para decidir. Deste jogo sairá um dos finalistas do estadual 2021.

Leia também:

> Convocação da Seleção Brasileira: Calendário e Olimpíada atrasam trabalho para a Copa

> Faraco: TJD-SC deixou recado forte em julgamento que confirmou punição ao Hercílio Luz

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Mais colunistas

    Mais colunistas