nsc
nsc

Futebol

Chapecoense parece estar abrindo mão da nossa única vaga na Série A

Compartilhe

Roberto
Por Roberto Alves
19/08/2021 - 12h59
Chapecoense parece estar abrindo mão da única vaga que temos na elite do futebol
Chapecoense parece estar abrindo mão da única vaga que temos na elite do futebol (Foto: Chapecoense)

A Chapecoense parece estar abrindo mão da única vaga que temos na elite do futebol brasileiro. A campanha não passa esperança e o mais provável é a queda para a Série B com a perda desta vaga. Trabalhamos com duas chances para continuarmos a primeira divisão.

> Receba notícias de Florianópolis e região no seu WhatsApp

Avaí e Brusque são candidatos com chances maiores para o Avaí, que faz campanha bem regular e superior a do Brusque. Entretanto, é cedo para avaliações que mais a frente poderão nos mostrar serem precipitadas.

Como futebol é momento e as avaliações precisam ser feitas, o Avaí é o time do momento.

Jogadores do Avai se abraçando
Jogadores do Avaí se abraçando
(Foto: )

Vice-líder há três pontos distantes do líder, os dois vão se encontrar nesta sexta-feira (20), na Ressacada, às 19h.

Dois fatos importantes e muito bons para o futebol. O primeiro é o crescimento do Avaí e as opções técnicas que tem o técnico Claudinei Oliveira. Bom para o treinador quando ele fica em dúvida quanto à escalação em algumas posições num sinal claro que estaria sobrando qualidade.

Na defesa, quando ele deve fazer retornar o zagueiro Alemão ao lado de Betão e a chance que tem também de alterar a lateral-esquerda com a entrada de João Lucas que acredito ele não fará neste primeiro momento.

Do meio para frente, ele está relativamente tranquila. Bruno, Cerrato e Lourenço é o tripé titular. Chance de Vinicius Leite por dentro é pequeno a não ser a como opção do segundo tempo.

> Figueirense, agora com meio de campo montado, faz a vitória do alívio e da esperança na Série C

Na ponta-esquerda, a posição está ocupada pelo Copette com Getulio pelo meio e Renato pela direita. O que pode ocorrer é a saída de Renato que não está bem, mas é jogador do esquema tático para a recomposição com Copete pela direita e Vinicius pela esquerda, o que no momento também não acredito.

Conclusão fácil de chegar é a de que o time só será alterado em caso de contusão ou por cartões.

O outro bom fato é a chegada do VAR na Série B, uma conquista da Associação Nacional de Clubes através trabalho dos clubes e principalmente do presidente Francisco Battistotti.

Aliás, nem sempre o VAR resolve e em alguns casos é complicado A chegada deste equipamento elucidativo à Série serie B não significa que todos os problemas estão resolvidos.

Vinicius Furlan, árbrito muito conhecido no cenário nacional é que será o homem do VAR no jogo Avaí x Coritiba desta sexta-feira.​ Seja bem-vindo.

E nesta quinta-feira (19), o Brusque entra em campo para receber o Goiás no Augusto Bauer. Time Goiano é o quarto colocado em se vencer pula para vice-liderança jogando o Avaí para a terceira posição.

> Rosamaria, do vôlei: "Conquistamos nosso espaço nessas Olimpíadas"

O Brusque tem 25 pontos e ocupa a 13ª posição na tabela. Jogar em casa a partir de agora e qualquer que seja o adversário é preciso fazer o resultado.

Difícil jogo contra um time cujo objetivo é voltar à Série A enquanto o Brusque precisa se manter na B neste seu primeiro ano de disputa. Claro, se possível subir ótimo mas não é o principal objetivo dentro do projeto do Brusque.

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Mais colunistas

    Mais colunistas