nsc

publicidade

Opinião

Criciúma está por um fio na Série B

Compartilhe

Roberto
Por Roberto Alves
19/11/2019 - 22h48
Criciúma empatou com o Paraná em 1 a 1 nesta terça-feira (Foto: Guilherme Hahn/Especial)
Criciúma empatou com o Paraná em 1 a 1 nesta terça-feira (Foto: Guilherme Hahn/Especial)

Um jogo em que o Criciúma precisava jogar tudo que não tinha jogado na Série B e o time voltou a decepcionar. Somente no final da partida, após o empate, houve um esboço de reação que acabou não dando em nada. Com 1 a 1 no placar, o Tigre fica em situação delicadíssima.

A equipe passa a depender de terceiros para se manter na Série B. Torce por uma combinação de resultados, inclusive uma derrota do Figueirense para CRB na sexta-feira (22), contra uma vitória do Londrina sobre o São Bento, e até contra uma vitória do Vila Nova diante do Oeste.

Quer dizer, o Tigre tem 1% de possibilidade de escapar do rebaixamento, fruto de uma péssima campanha no campeonato.

O torcedor até aplaudiu o time no final do jogo, mas sabe que agora a equipe está nas mãos do Figueirense e do Londrina. E se tudo der certo terá que vencer o Oeste, em Barueri, na última rodada.

Como outra surpresa desta noite de terça-feira no Heriberto Hülse, o estádio praticamente lotado pela promoção de ingressos feita durante todo o dia, e o Criciúma divulga a presença de pouco mais de 7 mil torcedores.

E, por fim, as críticas da imprensa contra a administração do presidente Jaime Dal Farra, como forma até de justificar a má campanha.

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

publicidade