nsc
    nsc

    Opinião

    Empate fora de hora do Figueirense

    Compartilhe

    Roberto
    Por Roberto Alves
    17/11/2019 - 20h50
    Figueirense ficou no 0 a 0 com o Cuiabá no Scarpelli (Foto: Tiago Ghizoni/NSC Total)
    Figueirense ficou no 0 a 0 com o Cuiabá no Scarpelli (Foto: Tiago Ghizoni/NSC Total)

    O Figueirense perdeu dois pontos importantes contra o Cuiabá. Um resultado inesperado principalmente pelo que o Alvinegro fez no segundo tempo. Jogou bem, criou chances e a principal delas por intermédio do atacante Breno, que fez o mais difícil: ele passou pelo goleiro e, com o gol aberto, chutou para fora.

    O Cuiabá, sem muitos titulares, jogou de forma organizada e até teve chances de marcar, embora quem procurasse mesmo o gol fosse o Figueira. A essa altura do campeonato e sob forte tensão, os jogadores vivem o problema da ansiedade pela vitória. Foram muitos empates em casa desde a chegada do técnico Pintado.

    Agora, mais dois jogos sendo um fora, sexta-feira, em Maceió, contra o CRB, que ainda briga pelo acesso, e na última rodada em casa contra o Operário de Ponta Grossa, que não almeja mais nada na competição.

    Mais uma vez a torcida deixou o Scarpelli decepcionada. O resultado foi uma grande frustração num momento em que o Figueirense mais precisa dos três pontos. Situação continua indefinida.

    Vitória que surpreende da Chapecoense

    Chapecoense e Ceará fizeram um péssimo jogo tecnicamente. O Verdão do Oeste até certa altura mostrou um desinteresse muito grande pelo jogo. Parecia que estava entrando em férias.

    No segundo tempo especialmente o Ceará poderia ter definido o jogo. Como não fez acabou sendo castigado. Everaldo achou um gol num chute rasteiro, castigando os cearenses que não tiveram forças para reagir.

    A vitória foi um prêmio a quem não jogou e um castigo ao time que mais tentou o resultado. É do futebol.

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas