publicidade

Navegue por
Roberto

Avaí

Joceli dos Santos foi para o sacrifício

Compartilhe

Por Roberto Alves
14/08/2019 - 03h15 - Atualizada em: 14/08/2019 - 03h15
(Foto: Cristiano Estrela / Diário Catarinense)

A campanha do Avaí na Série A do Campeonato já tem um culpado. Anteriormente parecia ser o técnico Geninho, não era. Chegou Alberto Valentim e as vitórias continuaram não chegando. Agora sobrou para o diretor de futebol Joceli dos Santos.

O dirigente foi crucificado e deixou o clube na tarde desta terça (13). Uma carta da torcida organizada do clube pedindo a saída do dirigente, ao que parece, foi lida e atendida. Mas esse time que não ganha de ninguém não é sozinho o culpado por tudo, mas geralmente sobra para um prata da casa. Ficou muito claro que a torcida do Avaí influi, pesa e decide.

Nossa realidade

A maioria dos torcedores considera que a realidade do futebol catarinense é a Série B. Esse péssimo momento está escorado na má campanha dos nossos no Brasileirão.

Sobe e desce

Com exceção da Chapecoense, que está há quase sete anos sem cair, os outros estão no elevador. Sobe um ano e desce no outro. Para quem já teve quatro representantes, cada vez fortalece mais a tese de que estávamos completamente fora da realidade.

Reencontro

No próximo domingo, Chapecoense e Avaí voltam a se encontrar. Ambos vivem péssimos momentos. Os técnicos já não sabem o que fazer para encontrar soluções para seus times. Novas alterações vão aparecer. A situação é tão ruim que o horário do jogo também é um horror, 19h. 

Fica

Parte da torcida deseja a permanência do ex-zagueiro Wilson no comando do Tigre. Ganhou uma domingo e pronto, é o favorito. Ocorre que isso já aconteceu em outras vezes. Aliás, até agora ninguém entendeu porque Roberto Cavalo deixou o Botafogo de Ribeirão Preto. Dava-se como certa sua vinda para o Criciúma. Não sei se Wilsão é a solução, mas se for para trazer velhas raposas é melhor ele ficar.

Palhoça

O Debate Diário de hoje sairá do estúdio e será no Fort Atacadista de Palhoça. Programa especial com a participação dos ouvintes.

Repercussão

Foi péssima perante a torcida do Verdão a história de mudar o mando de campo dos jogos com o Flamengo e Corinthians mediante venda para uma empresa esportiva. A reação foi a pior possível.

Desrespeito

Em Chapecó como em Florianópolis a informação chegou muito mal junto as torcidas. Foi considerada uma grande falta de respeito.

VAR

O Brasil inteiro discute a validade ou não da arbitragem de vídeo. A esmagadora maioria não aguenta tamanha demora do árbitro de campo para definir um lance do VAR.

Convocados

Os fisioterapeutas Kaine Escobar e Flávia Loch foram convocados pelas seleções brasileiras masculina e feminina, respectivamente, para a disputa da Copa do Mundo de Futebol 7, que será realizada entre os dias 24 e 28 de setembro em Roma, na Itália. Gente nossa.

Beleza

A nossa estrelinha do futebol feminino Natalia Pereira, a Nati, está concorrendo ao Craque da Galera Kids do Sul-Brasileiro. Ela concorre com as representantes do Grêmio e Internacional. A votação é através do instagram @sulbrasileiro2019.

Deixe seu comentário:

Roberto Alves

Roberto Alves

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

roberto.alves@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação