nsc
nsc

Análise

Seleção Brasileira tem dificuldades para vencer a frágil Venezuela

Compartilhe

Roberto
Por Roberto Alves
07/10/2021 - 21h54 - Atualizada em: 07/10/2021 - 21h56
Everton, Seleção Brasileira contra Venezuela pelas Eliminatórias
Seleção Brasileira, de Everton, venceu a Venezuela, de virada, em Caracas (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Um primeiro tempo muito abaixo do que é o nosso futebol, um gol sofrido e a melhora da Seleção Brasileira após as alterações do segundo tempo contra a Venezuela. É bem verdade que estamos em fase de transição até chegar à Copa do Mundo do Catar. Carecemos de jogadores que façam a diferença. Sem Neymar em campo falta-nos o protagonista, aquele que chama a si a responsabilidade do jogo. Não temos. 

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

Gabriel Jesus e Gabigol formam uma dupla que não se completa pela má fase do primeiro. Vamos precisar de muitos jogos para ganhar entrosamento com esse novo time do técnico Tite. 

Além disso, continuamos sem uma grande exibição. Quando Tite pede a CBF para um amistoso com Seleção da Europa, vejo nele muita coragem. Não temos time no momento para pensar em conquistar a Copa do Mundo. Claro, podemos melhorar e temos tempo para isso. Atualmente, contudo, não temos futebol para título mundial. 

Uma vitória esperada que se consolidou mais para o final do jogo contra os venezuelanos. Um gol de pênalti, um escanteio (bola parada) com o zagueiro Marquinhos subindo muito e marcando, e uma boa jogada trabalhada no final com Antony aliviando a tensão e dando a vitória ao Brasil.

> Chapecoense empata com líder Atlético-MG e perde chance de esquentar o Brasileirão

Carecemos de um trabalho de bola com mais qualidade para chegar ao gol adversário. De qualquer sorte vencemos, mas a Seleção Brasileira está muito longe daquele futebol que já praticamos e que éramos vistos como melhores do mundo. 

Na mesma quinta-feira (7) vimos, à tarde, França e Bélgica praticarem um tipo de qualidade e muita velocidade. Ficamos a imaginar uma Bélgica contra o Brasil como aconteceu na Copa da Rússia e fomos eliminados. 

A vitória contra a Venezuela era esperada, claro. Há uma diferença muito grande entre o futebol de cada seleção. 

Qual jogador brasileiro foi destaque no jogo contra a Venezuela? Deveríamos ter vários.

> Figueirense vence o Joinville por 3 a 0 pela Copa SC; ouça os gols

Presidente do Figueirense estará no Debate Diário desta sexta-feira

O Figueirense joga neste sábado, às 15 horas, em Tubarão, contra o Hercílio Luz. É a Copa SC, competição que o alvinegro precisa e muito para se classificar e chegar a disputar o título pensando em vaga na Copa do Brasil. 

O Hercílio é líder com 9 pontos e o Figueirense tem 7. Vamos saber um pouco mais do Figueirense nesta sexta com a presença do presidente do clube, Norton Boppré, no Debate Diário, na CBN, às 11 horas.

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Mais colunistas

    Mais colunistas