nsc

publicidade

Roberto

Análise

Uma aula de futebol com Geninho

Compartilhe

Por Roberto Alves
26/06/2019 - 07h53
Foto: Roberto Alves

Sua ligação com o futebol da Capital, em especial com o Avaí, é muito grande. Geninho deixou o clube, mas foi dele a indicação e contato com Alberto Valentim. No debate de terça-feira, revelou o motivo de ter deixado o Leão:

1 – “Senti que estava na hora. O trabalho era bom, mas os resultados não vinham. Aproveitar a parada da Copa América para dar tempo ao novo técnico”.

2 – “Alberto Valentim é um excelente técnico. Foi meu jogador. Tem todas as condições de acertar o time, desde que o Avaí lhe dê alguns reforços”.

3 – “Nunca tive nenhum problema de relacionamento, seja com a diretoria, funcionários ou jogadores. Também sempre fui muito respeitado”.

4 – “Acho que ainda não é a hora de virar diretor ou gerente de futebol. Sinto que posso contribuir como técnico. O Avaí já me convidou algumas vezes”.

Outros assuntos

Geninho falou pontualmente de Matheus Barbosa, Luan Pereira e André Moritz. Para cada um mostrou carinho, respeito e analisou o momento. Gostou do reforço anunciado ontem, Gustavo Ferrareis. Geninho elogiou muito o trabalho que o presidente vem realizando, pagando em dia e atualizando dívidas passadas. Muitos elogios a Hemerson Maria, que ele considera um profissional do mais alto nível.

Atração do mês

Cumprindo uma programação mensal, a Associação Esportiva Réus na Barbacena, em Laguna, terá nesta sexta-feira como grande convidado Marquinhos Santos, ex-jogador do Avaí. Muitas homenagens ao craque e um jogo entre amigos às 20h30min, além do jantar para 100 pessoas e muito pagode. Ele gosta.

Curtas

Começou

Avaí iniciou ontem a curta temporada em águas Mornas. Começou o trabalho de Alberto Valentim.

Trabalho

O Figueirense já trabalha de olho na decisão da Recopa contra o Brusque. Novidades? Poucas. Hemerson Maria busca soluções.

Chape

No Oeste, a Chapecoense aproveita para fazer negócios, sem esquecer o Brasileiro. Está aliviando a folha com jogadores indo para a Europa e sendo emprestados para times do Brasil. Bruno Silva foi para o Atlético-MG.

Amistoso

Também sem novidades, o Criciúma treina em meio a um amistoso com o Grêmio, na sexta- feira.

Não sei

Tenho minhas dúvidas se os clubes estão aproveitando bem a parada da Copa ou estariam trabalhando em silêncio. Não sei.

Deixe seu comentário:

Roberto Alves

Roberto Alves

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

roberto.alves@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade