nsc
nsc

publicidade

Avaí

Uma goleada na conta dos garotos?

Compartilhe

Roberto
Por Roberto Alves
06/12/2019 - 10h11
Avaí x Flamengo
Foto: Mauricio Val / FOTOCOM.NET

Nenhuma novidade a goleada sofrida pelo Avaí no Maracanã. Um retrato real do que foi o campeonato brasileiro na Ressacada.

Incrível que, no futebol, as coisas acontecem com algumas surpresas. O que não foi o caso. Este jogo do Avaí contra o Flamengo foi um dos poucos em que a goleada estava anunciada e foi confirmada.

Tivesse um gramado sem poças d’água, sem o temporal que desabou durante o jogo e o Flamengo teria ido mais além. Uma diferença brutal de qualidade de um para o outro e todos sabiam disso.

Orgulho

Evando; Avaí
(Foto: )

Já não há mais como ouvir os esclarecimentos do técnico Evando Camilato. Tem se desdobrado para tentar explicar o inexplicável.

Pior do que isso é ele falar em orgulho pelo fato ter colocado em campo sete garotos da base. Pois sim. De que adianta isso e tomar seis a um?

Que fique claro: garotos não ganham jogos. Simplesmente tremeram diante do tamanho do Maracanã e seus 70 mil torcedores. O que está acontecendo é que o Avaí queimou sua força da base por não ter contratado. Responsabilizá-los é um equivoco. São os menos culpados. 

Um time profissional não se faz apenas de jovens. É preciso mesclá-lo bem. Disse na Cbn/Diário que no máximo dois e os demais devem ser colocados gradativamente na equipe. Foram quase todos para o jogo e alguns deles se assustaram com o tamanho da encrenca e com o adversário.

E a culpa do Evando? Também acho que não. Não tem o que fazer, falta-lhe elenco, time, grupo, qualidade, tudo.

Que apareçam os culpados

Ficamos agora na espera de explicações de quem de direito. A diretoria liderada pelo seu presidente. Quem achou que com este time poderia fazer boa campanha no campeonato brasileiro. Quem decidiu não investir. Os que decidiram precisam explicar para a torcida que é quem está esperando posicionamentos.

O jogo?

O Avaí ainda tem o jogo de domingo contra o Atlético Paranaense. No Maracanã foi mais um desastre. Quando perdia por 1 a 0 com 10 minutos e empatou passou a fala impressão de que poderia enfrentar o campeão brasileiro de igual. Subiu o time mas prevaleceu a qualidade do adversário aliada aos erros individuais da defesa azurra velhos conhecidos da torcida.

Pouco a falar do jogo pela diferença brutal de qualidade.

Leia as últimas notícias esportivas no portal NSC Total​ Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Últimas do colunista

Loading interface...
Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

publicidade

publicidade

Mais colunistas

    publicidade

    publicidade

    Mais colunistas