O centro avante artilheiro com ótimas passagens pelo Avaí, William (37 anos) revelou nesta quarta-feira (03), no Debate Diário, seu amor pelo Avai. Foram três passagens pelo time da Ressacada e 63 gols marcados. Sua história começou no Santos e teve passagens por grandes clubes do país e exterior.

Continua depois da publicidade

Seu último clube, o Rio Branco do Paraná, fez uma boa campanha no estadual e liberou os jogadores com a chegada da pandemia. Agora está repatriando a maioria. William disse que não retornará e justificou com a falta de estrutura. Muita dificuldade para o trabalho diário.

William ouviu a narração de dois gols seus marcados na ressacada e se emocionou com os narradores Salles Jr e Luiz Augusto Alano. No final fez uma grande mensagem ao departamento médico do Avaí, especialmente ao diretor Luiz Fernando Funchal, que lhe operou e aos demais componentes da comissão técnica.

A torcida do Avaí se manifestou em bom numero demonstrando saudade do artilheiro e valorizando o seu trabalho.

Os treinamentos

treinamento
(Foto: Divulgação)

A associação de clubes de Futebol Profissional em sua ultima reunião na terça-feira (2), a tarde, levantou a possibilidade de começar seus treinamentos normais com bola. É que há determinações da Municipalidade para que se mantenha distância de um para outro atleta, sem bola, e com outras determinações que proíbem o coletivo.

Continua depois da publicidade

Com a possibilidade do campeonato retornar, os clubes entendem que precisam, pelo menos, de 20 dias para colocar a casa em ordem. Hoje, temos um bom tempo para os trabalhos físicos, mas o técnico não.

Os clubes pretendem voltar a Prefeitura e tentar este início de trabalho com bola antes do dia cinco de julho, na expectativa de que na segunda quinzena daquele mês o campeonato seja retomado. Continuamos dependendo do comportamento metereológico do mês de junho.

Destaques do NSC Total