nsc
    nsc

    Um Clique na História 

    A história de Joinville nos 97 anos de A Notícia

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    24/02/2020 - 13h00 - Atualizada em: 24/02/2020 - 13h40
    Joinville na década de 1920 do ponto de vista do rio Cachoeira (Foto: Arquivo Histórico de Joinville)
    Joinville na década de 1920 do ponto de vista do rio Cachoeira (Foto: Arquivo Histórico de Joinville)

    A imagem acima e a que o leitor pode ver logo abaixo mostram a mudança na paisagem de Joinville ao longo de quase um século, entre a década de 1920 e os dias de hoje. Nesse período, o jornal A Notícia trouxe aos leitores o cotidiano dessa história, acompanhada de perto nestes 97 anos, a serem completados nesta segunda-feira, dia 24.

    Na década de surgimento de A Notícia, Joinville ainda não experimentava a permanente expansão populacional e econômica que logo se transformaria em marca – talvez a principal – da cidade. A população se mantinha na faixa de 25 mil pessoas, patamar conquistado no final do século 19. Nos primeiros anos de circulação, AN passaria de semanário para diário, gradativamente, entre 1924 e 1930.

    O turbilhão da Revolução de 1930 chegou a Joinville com violência, com combates nas imediações do Mercado Municipal – fotos de soldados com metralhadoras entraram para a história. A Notícia, como o país, não escaparia dos impactos da nova ordem política.

    No final da década, seria a campanha de nacionalização, imposta pelo Estado Novo getulista, a atingir a cidade de colonização europeia. A língua alemã enfrentou restrições, principalmente em sociedades culturais. A perseguição aos descendentes se deu também em outras esferas.

    Joinville atualmente do mesmo ângulo a partir do rio Cachoeira
    Joinville atualmente do mesmo ângulo a partir do rio Cachoeira
    (Foto: )

    Nas décadas de 1920 e 1930, conforme apuraram pesquisadores, já eram recorrentes os ressentimentos com o governo do Estado por causa dos considerados insuficientes investimentos de retorno pelo montante de impostos pagos. Um dos principais pedidos era por aumento do efetivo policial.

    A partir de meados da década de 1940, outro fenômeno nacional, a industrialização após a Segunda Guerra Mundial combinada com acelerada urbanização, transformaria Joinville. A cidade contava com estabelecimentos industriais desde o século passado e naquele momento a erva-mate e a madeira já não detinham a força econômica de anos anteriores. A comunidade que começou 1940 com 30 mil moradores chegou a 1960 com mais de 70 mil habitantes.

    Nos anos 1970, o ápice do crescimento populacional: a cidade terminou a década com 235 mil moradores, quase o dobro de habitantes registrados em 1970. A migração foi acelerada pela busca de trabalhadores em outros municípios, com campanhas de arregimentação de mão de obra.

    A diversificação econômica dos anos 1990 e 2000 manteve o fenômeno da imigração, ainda que em intensidade menor. Com 600 mil habitantes, Joinville agora vive transformações ainda mais rápidas e desafios diferentes. A Notícia vai continuar contando essa história.

    ​Confira o especial Um Clique na História: 97 anos do A Notícia em fatos que marcaram Joinville

    AN completa 97 anos
    AN completa 97 anos
    (Foto: )

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas