nsc
    nsc

    estimativa conservadora

    Amunesc aponta em R$ 15,5 milhões perda de Joinville caso seja aprovado projeto de mudança em ICMS

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    16/10/2019 - 14h00
    (Foto: Salmo Duarte / A Notícia)

    Em estimativa conservadora, a Amunesc aponta em R$ 15,5 milhões a perda de Joinville caso seja aprovado projeto de mudança nos critérios de distribuição do ICMS, em análise na Assembleia Legislativa. O cálculo é baseado na receita de Joinville em 2018. Se atualizada, a eventual perda passaria de R$ 17 milhões. A proposta partiu de Jerry Comper (MDB, com base eleitoral no Alto Vale).

    Do Estado

    O projeto quer ampliar a fatia dos municípios com até 10 mil habitantes. A Amunesc tem o mesmo entendimento da Fecam: se o objetivo é ampliar a receita do ICMS dos pequenos municípios, que o governo do Estado abra mão de parte de sua arrecadação. O estudo da Amunesc cita perdas também para as demais cidades da associação. Chega a R$ 2,6 milhões em São Francisco e a quase R$ 2 milhões em Araquari.

    Curtas

    À espera

    O PL espera pela filiação de Rodrigo Coelho, assim que o deputado federal conseguir deixar o PSB. É o nome preferencial do partido para concorrer a prefeito de Joinville.

    Vai ter

    Mas se Coelho não vier, o PL vai atrás de outro candidato. A procura será feita porque o senador Jorginho Mello, interessado em 2022, não abre mão de ter candidato em 2020. 

    ​Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas