Navegue por

publicidade

Saavedra

Meio ambiente

Autuações ambientais do Ibama em Joinville alcançaram R$ 2,9 milhões em 2017

Compartilhe

Por Saavedra
15/02/2018 - 23h12 - Atualizada em: 15/02/2018 - 23h12
Ibama
(Foto: )

*Por Roelton Maciel, interino

O colunista Jefferson Saavedra está de férias e volta a escrever neste espaço no dia 8 de março. 

No ano de fechamento do escritório do Ibama em Joinville, em dezembro passado, o valor das autuações ambientais do órgão alcançou cifra inédita de R$ 2,9 milhões, soma de 14 infrações. O montante financeiro é 117 vezes maior do que o do ano anterior. É também o maior valor da última década na cidade. 

Entre as 14 infrações do ano passado, quatro ocorreram por prejuízos à flora (os alvos eram comércios de madeira) e duas à fauna. Os R$ 2,9 milhões representam 11% dos 26,5 milhões de multas aplicadas pelo Ibama em toda Santa Catarina.

Com o fechamento do escritório em Joinville, a fiscalização teve perdas e a tendência é de que os números não sejam tão expressivos nos próximos anos _ quando o fechamento foi anunciado, profissionais ligados ao órgão afirmaram que seria preciso trazer um servidor de Itajaí para verificar situações em Joinville e região. Além de comprometer o trabalho na cidade, o fechamento em Joinville sobrecarregou o escritório de Itajaí. O Ibama ainda mantém outras duas unidades em Florianópolis e Chapecó.

Leia todas as publicações de Saavedra

Veja também:

As diferenças da Penitenciária Industrial e o Presídio Regional de Joinville

Deixe seu comentário:

Jefferson Saavedra

Saavedra

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação