nsc
    nsc

    Mercado de trabalho

    Com divulgação do Caged suspensa, não há dado oficial sobre impacto no emprego em Joinville e outras cidades

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    04/04/2020 - 07h53
    Comportamento do mercado de trabalho nos municípios não é divulgado desde janeiro (foto: Arquivo AN)
    Comportamento do mercado de trabalho nos municípios não é divulgado desde janeiro (foto: Arquivo AN)

    Os impactos da pandemia do coronavírus no mercado de trabalho em Joinville e demais cidades do País poderão demorar para serem conhecidos. Pelo menos os dados oficiais. Até agora, não foi divulgada a movimentação das admissões e demissões nos meses de janeiro e fevereiro: a divulgação do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) está suspensa pelo Ministério da Economia porque uma fatia das empresas do País não atualizou as informações, principalmente referentes a demissões.

    O atraso começou ocorrer antes do início da pandemia no País – os sistemas de prestação das informações sobre contratações e desligamentos foram alterados, com a alegação de simplificação. Não há data definida para a volta das atualizações pelo Caged, ainda que o plano seja o retorno de divulgações mensais.

    Dessa forma, o comportamento do mercado de trabalho, por taxa de ocupação (conceito mais amplo do que o mercado formal) só poderá ser acompanhado só por meio de dados estaduais, relatados pela PNAD, pesquisa trimestral realizada pelo IBGE. A PNAD não traz dados por município.

    Em 2015, no pior ano para a cidade na série histórica do mercado de trabalho iniciado em 2002, Joinville perdeu 10,3 mil empregos. Em Santa Catarina, no meso ano, foram 58 mil demissões a mais do que contratações.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas