nsc
    nsc

    EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO

    Consumo de materiais dispara e pressiona estoques da Saúde em Joinville; doações também são esperadas

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    26/03/2020 - 10h16
    Central para receber doações de materiais para a saúde foi instalada na sede de Secretaria de Saúde de Joinville, na região Norte (foto: Hassan Farias, AN)
    Central para receber doações de materiais para a saúde foi instalada na sede de Secretaria de Saúde de Joinville, na região Norte (foto: Hassan Farias, AN)

    As medidas de prevenção de Joinville contra o coronavírus aumentaram a utilização por materiais na rede pública de saúde e transformaram o abastecimento em um desafio. Há produtos de maior saída, como álcool gel, água sanitária, sabonete líquido, aventais descartáveis, entre outros, com distribuição “controlada”. O aumento do consumo foi considerado uma "explosão". No caso das máscaras cirúrgicas (as mais simples, de rosto), o estoque é suficiente para mais uma semana. No Hospital São José, os estoques estão em dia.

    ​​​Em site especial, saiba tudo sobre coronavírus

    A compra dos materiais foi feita pela Secretaria de Saúde de Joinville, houve fornecimento nesta quinta-feira – mas há carregamentos que vão chegar em abril. A prefeitura de Joinville abriu nesta semana uma central para receber a doação de insumos para a saúde. O espaço está recebendo os materiais.

    A secretaria alega que não há falta de recursos, as existem entraves logísticos atrapalhando o fornecimento, além da excepcional demanda. Outras prefeituras e ainda governos estaduais também estariam enfrentando problemas semelhantes.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas