nsc
    nsc

    Mercado de trabalho

    Entre trabalhadores com mais de 30, Joinville ainda não recuperou todos os empregos perdidos na pandemia

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    13/12/2020 - 12h50
    Em 2020, Joinville tem saldo positivo de criação de 4,4 mil empregos
    Em 2020, Joinville tem saldo positivo de criação de 4,4 mil empregos (Foto: Arquivo AN)

    A surpreendente recuperação no mercado de trabalho em Joinville continua sem alcançar as faixas etárias mais elevadas. Nas estatísticas atualizadas até outubro (dados mais recentes) a criação de empregos na cidade em 2020 continua concentrada entre os trabalhadores até 29 anos de idade, com saldos positivos – mais contratações do que demissões. Nas faixas de idades acima, o fenômeno é inverso, com mais demitidos do que contratados.

    > Em nova decisão sobre prejuízos dos ônibus em Joinville, repasse precisa ser feito até janeiro

    > Pagamentos da prefeitura de Joinville às empresas de ônibus chegam a R$ 4,3 milhões

    > Após primeira fase da seleção do Novo em Joinville, 444 permanecem na disputa por vagas de secretário

    > Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

    A retomada do emprego em Joinville surpreende porque já foram recuperadas as vagas perdidas durante a crise, pelo menos no conjunto – ainda persistem desigualdades entre setores e faixas etárias, com parte deles ainda com balanço negativo. Os empregos levados pela crise econômica entre 2015 e 2016 em Joinville demoraram quase dois anos para serem repostos. Em 2020, foram 13,3 mil cortes em apenas três meses, em impacto direto da pandemia.

    Mas Joinville abriu quase 15 mil vagas desde junho e, com os resultados dos meses anteriores à pandemia, chega a um saldo acumulado de 4,4 mil empregos criados em 2020, até outubro. Só que há concentração nas faixas de empregados mais jovens: entre trabalhadores até 29 anos, o saldo chega a 7,9 mil novos postos no ano. 

    Mas o saldo é negativo em todas as faixas de idades maiores, principalmente no grupo entre 50 e 64 anos de idade, na qual foram fechadas 2,3 mil vagas. Os saldos negativos se repetem também nas faixas entre 30 e 39 anos, 40 e 49 anos e acima de 65 anos (veja quadro abaixo). A mesma desigualdade se repete nos dados de Santa Catarina, levando em conta o desempenho de todas as cidades. No mês passado, com dados até setembro, a desigualdade já era observada.

    Saldo dos empregos por faixa etária em Joinville em 2020

    Até 17 anos – 1.897 empregos criados

    18 a 24 anos – 5.366 empregos criados

    25 a 29 anos – 692 empregos criados

    30 a 39 anos – 210 vagas a menos

    40 a 49 anos – 669 vagas a menos

    50 a 64 anos – 2.314 vagas a menos

    65 anos ou mais – 381 vagas a menos

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas