publicidade

Saavedra

População

Joinville ganha 154 mil moradores desde 2000

Compartilhe

Por Saavedra
30/08/2018 - 05h35 - Atualizada em: 30/08/2018 - 05h31
(Salmo Duarte, AN)

Divulgada na manhã de quarta-feira (29) pelo IBGE, a estimativa da população de Joinville para 2018 mostra a cidade ganhando mais de 154 mil moradores desde 2000, uma população equivalente à de Lages, o 10º município mais populoso de Santa Catarina. Hoje, Joinville tem 583.144 moradores, enquanto que a cidade serrana tem 157.743 habitantes. Em um recorte mais recente, com base no Censo de 2010, Joinville ganhou 68 mil moradores, um contingente quase do mesmo tamanho da população de Rio do Sul (70.100) ou Gaspar (68.465).

Em outra comparação, há dez anos Joinville “disputava” com Londrina o posto de terceira cidade mais populosa da região Sul. Na estimativa de 2008 do IBGE, a cidade paranaense tinha 13 mil moradores a mais. Hoje, Joinville está na terceira posição no Sul, com população maior em 19,2 mil pessoas em relação a Londrina. Pelas projeções feitas pelo então instituto de planejamento de Joinville, ainda em 2016, Joinvile terá 677 mil habitantes em 2030. Hoje, é a 36ª cidade mais populosa do País.

 

Infância

Depois de quatro anos, a Prefeitura de Joinville lançou ontem edital para escolha de projetos para ações para crianças e adolescentes. Está prevista a liberação de R$ 1,95 milhão do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Os projetos das entidades podem ser apresentados para diferentes eixos. As propostas devem ser entregues até o dia 27 de setembro. 

 

Acesso

Balneário Barra do Sul já pavimentou 70% da Estrada Salinas, a ligação do município com a BR-101, cruzando também por Araquari. O acesso é visto como fundamental para um novo momento para a economia da cidade, que hoje só tem ligação asfaltada pela BR-280. Araquari também está pavimentando o seu trecho, na estrada do Itapocu. 

 

Arena

A Prefeitura de Joinville abriu uma licitação para contratação de projeto para a cobertura da Arena. Mas é para ter  or projeto para consertar estrutura já existente (sobre parte das arquibancadas) e não cobrir todo o estádio, como chegou a ser previsto no passado. 

 

Sugestão

Cidadão escreve para apontar a duplicação da Ottokar Doerffel como obra prioritária a ser cobrada de Joinville junto aos candidatos ao governo do Estado. O governo Udo até chegou a colocar a ampliação no plano do segundo mandato, em parceria com o Estado, mas não chegou a tentar levar a ideia adiante e as mudanças no cruzamento da Ottokar com a continuação da Marquês mostraram que a duplicação está abandonada.  

 

Rodoviária mais segura

A Associação dos Moradores de Anita Garibaldi envia a imagem para mostrar um novo momento da Rodoviária de Joinville depois da maior presença da PM: no final de semana, escoteiros fizeram uma atividade no gramado.

 

Com recurso

Enquanto prepara nova legislação sobre o tema, a Prefeitura de Araquari foi nesta semana ao Tribunal de Justiça tentar derrubar a liminar que impede a concessão de novos benefícios às empresas com base em lei municipal de 1999. A ação contra as isenções foi apresentada por advogado, em nome dele. A decisão do início de agosto contra o atual prefeito e ex-prefeitos não suspendeu os benefícios já concedidos. O tribunal não se manifestou ainda sobre o recurso de Araquari. 

 

Voluntários

Na passagem de ontem pela Ajorpeme, Gelson Merisio (PSD) apontou a defesa dos bombeiros voluntários como “questão inegociável”. Para o candidato a governador, as corporações voluntárias não podem ser alvo de restrição na atuação. Em Joinville, há temor de entidades empresariais com a possibilidade de “concorrência” dos bombeiros militares nas vistorias. 

 

Às margens do rio Cachoeira

Nas margens do rio Cachoeira, a vegetação vai sobrevivendo, ganhando um colorido  nesta época – pelo menos no caso das espécies mostradas acima. Ao fundo, o lodo no leito, cuja retirada nunca teve consenso ambiental.

 

O Regional

Na campanha de 2014 para o governo do Estado, o Hospital Regional era o tema dominante na saúde em Joinville, com promessas de ampliação. O candidato vencedor, Raimundo Colombo, queria a construção de um anexo. A ampliação da capacidade de atendimento veio de outra forma, com mais leitos de internação e instalação de mais salas de cirurgias, entre outros investimentos. Na atual campanha, até agora, ainda não apareceram as propostas para o hospital administrado pelo governo do Estado. Mas tem tempo paea apresentar.

 

Até agora

Os dois trechos da BR-280 em obras em Araquari e Jaraguá do Sul não têm qualquer relação com a duplicação da rodovia federal: é um investimento de R$ 1,5 milhão do DNIT em conservação e recuperação. Em relação à duplicação de 6 km em Araquari (lote 1), ainda está em discussão a realocação de redes, como a de gás natural. Antes disso, não tem como as obras começarem. Portanto, a previsão de início dos trabalhos entre agosto e setembro não deve se concretizar. 

 

Sinalização com pórtico

A sinalização da SC-418 está sendo reforçada pelo Deinfra no trecho da Serra Dona Francisca, entre Joinville e Campo Alegre. Até pórtico com alertas sobre o início da serra foi instalado, entre outras melhorias. A ação apresentada pelo Ministério Público no final de fevereiro, em análise pelo Judiciário, cobra investimentos em sinalização, além de outras medidas.  

 

Contas

Nas primeiras prestações de contas apresentadas à Justiça Eleitoral, a campanha de Mauro Mariani (MDB) informou ter recebido R$ 2,5 milhões da direção nacional do partido, por meio do fundo especial de financiamento de campanha. Pela mesma fonte de recursos, por meio da direção estadual do PSD, a campanha de Gelson Merisio recebeu R$ 500 mil. A candidatura de Décio Lima (PT) recebeu R$ 383,3 mil do diretório nacional. A prestação de contas é parcial e futuros repasses serão informados. 

 

Perto de 50%

Joinville continua com população em grande expansão, mas o caso de Araquari é impressionante: a cidade chegou a 36,7 mil pessoas, quase 50% a mais do que tinha em 2010.

 

Cota 40

A base governista acha que dá para tentar votar o projeto da cota 40 na semana que vem – outras previsões de prazo de votação falharam, por diferentes motivos. Apesar da confiança, a votação da proposta da Prefeitura de Joinville deve ficar para depois das eleições. O MP fez recomendação contra o projeto. 

 

Leia outras publicações de Saavedra

Deixe seu comentário:

Jefferson Saavedra

Saavedra

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

jefferson.saavedra@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade