nsc
    nsc

    AMPLIAÇÃO DA TESTAGEM

    Em maior compra até agora, Joinville reserva R$ 5,4 milhões para testes rápidos

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    01/07/2020 - 14h51
    Nova compra será de 60 mil testes rápidos, a serem utilizados em idosos (foto: Divulgação)
    Nova compra será de 60 mil testes rápidos, a serem utilizados em idosos (foto: Divulgação) (Foto: Divulgação)

    A Secretaria de Saúde de Joinville lançou nesta quarta-feira o edital para a compra de 60 mil testes rápidos para a detecção do coronavírus. Será a maior aquisição até agora em testagem. Desde o início da pandemia, em março, Joinville realizou 16,5 mil testes. O novo lote será para o exame de idosos da cidade e outros grupos de risco. Há possibilidade de ampliar o número de unidades após a assinatura do contrato. Joinville teve 38 mortes até agora por causa da covid-19.

    Leia mais: Isolamento de idosos em Joinville: Justiça nega pedido da Defensoria Pública e medida é mantida

    Para a nova compra, a secretaria reservou R$ 5,4 milhões. Esse é o valor máximo do edital - o montante a ser pago pelos testes poderá ficar menor por causa da concorrência entre as propostas. Como a entrega está prevista para julho, o início da testagem das pessoas com 60 ou mais anos de idade deve iniciar neste mês. Outros grupos de risco, como doentes crônicos, também serão testados.

    Hoje, Joinville testa todas as pessoas com sintomas de covid-19, desde que busquem atendimento. Também estão sendo testadas pessoas sem sintomas em barreiras sanitárias e por meio da aplicação dos 12 mil exames para maior precisão da incidência do coronavírus na cidade. Os testados são escolhidos de forma aleatória. Há testes também em pessoas que moram com pacientes com diagnóstico positivo.

    Leia mais: Ventos de 120 km/h superaram previsão do temporal de Joinville

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas