nsc
    nsc

    Legislativo

    Novos vereadores de Joinville terão de decidir sobre diárias de viagem

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    31/12/2020 - 10h13
    Projeto sobre diárias foi aprovado no início de dezembro pela Câmara de Joinville
    Projeto sobre diárias foi aprovado no início de dezembro pela Câmara de Joinville (Foto: Mauro Schlieck, CVJ, Divulgação)

    A futura legislatura da Câmara de Joinville terá de decidir como será o pagamento de diárias de viagens aos vereadores, caso o repasse seja mantido. Nesta semana, foi sancionada a lei que acabou a legislação de regulamentação das diárias. O efeito prático dessa nova lei é que não há mais valores definidos para custear os deslocamentos, mas há ainda há previsão de pagamento.

    > Como será a posse do prefeito e vereadores eleitos em Joinville

    > Com final do mandato de Udo, 499 deixam cargos comissionados na prefeitura de Joinville

    > Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

    Na Câmara, havia a previsão de que o prefeito Udo Döhler poderia vetar o projeto de lei apresentado no ano passado pelo vereador Wilson Paraíba (Pros) e aprovado pela Câmara no início de mês. A alegação era baseada em possível equívoco na versão final. No entanto, a proposta já é lei.

    > “Foi por meritocracia”, diz prefeito eleito de Joinville sobre secretários de Udo que permanecem

    > Em carta aos filiados, Novo de Joinville pede “voto de confiança” à equipe de Adriano e aborda 2022

    A lei extinta previa os valores a serem pagos conforme a viagem, se dentro ou fora de Santa Catarina. Era um modelo em vigor desde 2006. No entanto, ainda está valendo ato da mesa diretora de 2000, no qual está previsto o pagamento das diárias de viagens entre as despesas possíveis de serem bancadas com a verba de gabinete.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas