nsc

publicidade

Saavedra

Segurança

Plano de criar mais delegacias especializadas segue sem avanços em Joinville

Compartilhe

Por Saavedra
23/08/2019 - 13h00
Delegacias especializas não saíram do papel (Foto: Salmo Duarte)

Os planos para criação de mais delegacias especializadas em Joinville que não avançaram depois da criação da Delegacia de Homicídios – houve a especialização de apenas uma DP, em meio ambiente – continuam em pauta: uma das cobranças envolve os furtos e roubos de veículos, ainda que tenha ocorrido queda nas ocorrências. O tema foi tratado nesta semana. A reativação da Delegacia de Trânsito, fechada com a abertura da umidade especializada em homicídios, continua sem previsão.

Concessão do aeroporto

O peculiar no episódio da concessão do aeroporto de Joinville é o temor das entidades empresariais e da Prefeitura é de que o terminal venha a receber menos investimentos do que se ficasse na mão da Infraero. Nem é uma posição estatista, há defesa da privatização, o medo mesmo é o aeroporto local fixar em segundo plano em relação a Curitiba e Navegantes. E, até agora, a Infraero tem atendido às demandas cobradas.

Multas

Pela tarefa de fazer o processamento das infrações de trânsito de Joinville, o Ciasc terá direito a 5% da receita com as multas.

Deixe seu comentário:

Jefferson Saavedra

Saavedra

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

jefferson.saavedra@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade