publicidade

Navegue por
Saavedra

Arrecadação 

Receita do Detrans despenca com multas em Joinville

Compartilhe

Por Saavedra
15/05/2019 - 07h00 - Atualizada em: 15/05/2019 - 07h00
(Foto: Salmo Duarte / A Notícia)

A arrecadação do Detrans com multas de trânsito continua em queda em Joinville em 2019, por diferentes motivos. Já havia sido registrada diminuição entre 2017 e 2018. Agora, o fenômeno é maior. Pelo balanço até abril, atualizado nesta terça-feira (14), a receita do departamento com as infrações ficou em R$ 3,6 milhões. 

No ano passado, no mesmo período, foi de R$ 9,9 milhões. Um dos motivos é a queda nas autuações, especialmente pelos radares, registrada no ano passado – a queda foi tamanha que 17 aparelhos foram desligados no final do ano para economia com a locação dos aparelhos. 

O impacto aparece agora, no momento de quitação por causa do licenciamento. Mas há uma outra situação envolvida, afinal, a redução nas multas não foi dessa extensão para provocar tamanha queda na arrecadação do Detrans.

Parte das multas de trânsito de Joinville é paga pelos motoristas por meio do sistema estadual, do governo do Estado. A Prefeitura de Joinville tenta acordo com o Estado para ficar com a receita, afinal, a operação de trânsito na cidade passou a utilizar o sistema federal. A pendenga já motivou ação judicial do Detrans, sem concessão de liminares. Município e Estado tentam agora acordo administrativo. 

Depois de queda no registro de multas de trânsito em Joinville entre 2017 e 2018, há uma certa estabilização em 2019, ainda que os reflexos na receita só serão sentidos mais adiante ou talvez somente em 2020. O número até cresceu em 2019, em 0,8%. 

Os radares respondem pela maioria das infrações, embora tenha sido registrado aumento nas multas aplicadas pelos agentes. De acordo com o Detrans, a fiscalização foi reforçada, principalmente após o desligamento de parte dos radares. Há atenção maior com oscorredores de ônibus. Agora em 2019, estreou o talonário eletrônico, com mais informações para a fiscalização. 

Adutora 

A Águas de Joinville está iniciando a instalação de nova adutora em trecho da Santos Dumont, em tubulação para atender a demanda ser criada com a instalação de novo reservatório no Aventureiro, prevista para 2020.

Passeios

Assim que for feita a instalação da rede, também serão concluídas as calçadas previstas na duplicação da Santos Dumont: um trecho não foi feito justamente por causa da obra da nova adutora. 

Elevada

Uma das exigências do estudo do impacto de vizinhança da obra de ampliação do Senac em Joinville foi a instalação de travessia de pedestres (elevada) em frente ao estabelecimento na Visconde de Taunay.

Deixe seu comentário:

Jefferson Saavedra

Saavedra

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

jefferson.saavedra@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação