nsc

publicidade

SC-418

Recuperação da Serra Dona Francisca é incluída em demandas da Amunesc ao governo do Estado

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
09/10/2019 - 20h30
(Foto: Salmo Duarte / A Notícia)

A recuperação da SC-418 na Serra Dona Francisca foi incluída nas demandas da Amunesc ao governo do Estado. A lista definida nesta terça (8) em assembleia dos prefeitos citou também repasse para o Hospital São José e melhorias em rodovias estaduais em Garuva, Itapoá, Araquari, Barra do Sul e São Francisco do Sul (estrada do Capri). O próprio Estado fez a solicitação dos recursos. 

Recuperação de estradas

Os municípios da Amunesc integrados ao consórcio Cincatarina para recuperar estradas estaduais vão receber R$ 165 mil mensais. Em um primeiro momento, empresa contrada pelo consórcio fará o diagnóstico das condições das estradas em São Francisco do Sul, Garuva, Itapoá e Rio Negrinho. O diretor executivo da Amunesc, Tufi Michreff, acredita em participação de mais municípios da associação no programa. Joinville não tem interesse.

Dimiuindo

Em nova queda, a quinta nos últimos quadrimestres, o índice de comprometimento da receita do governo do Estado com pagamento de pessoal está em 46,43%. Para os Estados, o limite é de 49%. Quando iniciou o governo Moisés, o percentual era de 48,76%. Como o índice é anualizado, dos 12 últimos meses, o indicador pega oito meses de Carlos Moisés e quatro de Eduardo Pinho Moreira. No final de 2017, o comprometimento com a folha ultrapassou o limite, chegando a 49,73. A situação complicou os pedidos de empréstimo do Estado.

Tânia mantém

Autora do projeto da revogação da lei de cobrança da Cosip pelo consumo de energia e, consequentemente, volta do modelo da testada, Tânia Larson (SD) não pretende retirar sua proposta. Para a vereadora, bastaria o Executivo enviar emenda às leis orçamentárias para adequar o novo modelo de cobrança. O governo Udo quer mandar novo projeto sobre a testada porque entende que a proposta de Tânia tem vício de origem, isto é, deveria ter sido apresentada pelo Executivo.

Ainda por lá

A rachadura no muro do entorno do rio Cachoeira, na área central de Joinville, não avançou. Mas também não foi consertada – providência a ser tomada, provavelmente, após a conclusão das obras de drenagem do rio Mathias.

Deixe seu comentário:

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade