nsc
nsc

publicidade

Proposta

Sindicato dos Servidores tenta ampliar recesso de final do ano da Prefeitura de Joinville 

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
22/11/2019 - 14h56
Pedido do Sindicato dos Servidores está em análise pela Prefeitura de Joinville (foto: Arquivo AN)
Pedido do Sindicato dos Servidores está em análise pela Prefeitura de Joinville (foto: Arquivo AN)

O Sindicato dos Serviços Públicos Municipais de Joinville e Região (Sinsej) está tentando ampliar o recesso de final de ano da Prefeitura de Joinville, com solicitação já feita à Secretaria de Gestão de Pessoas. Neste ano, a jornada se estende até o dia 20 de dezembro, uma sexta-feira; com o recesso, portanto, começando a partir do dia 23 (segunda-feira seguinte). O retorno será no dia 2, uma quinta-feira.

O pedido de Sinsej é de retomada a partir do dia 6, uma segunda. A solicitação está sendo avaliada, conforme o sindicato. Há serviços da Prefeitura sem recesso, como os PAs e o Hospital São José, por exemplo. O calendário do recesso deste ano é semelhante ao adotado em anos anteriores.

“Nossa proposta é que o servidor possa ter mais alguns dias de descanso. Todo serviço público tem funcionado com um quadro efetivo reduzido devido à falta de concurso, ocasionando o excesso de trabalho. Os servidores precisam e merecem um recesso maior”, alega a presidente do sindicato, Jane Becker.

Deixe seu comentário:

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade