nsc
    nsc

    Obras

    Trechos da BR-280 têm restrição à duplicação em São Francisco do Sul

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    17/09/2019 - 07h00
    (Foto: Salmo Duarte / A Notícia)

    Dois trechos da BR-280 continuam impedidos de ter obras de duplicação por causa do não cumprimento de medidas de atendimento às comunidades indígenas, previstos no Plano Básico Ambiental (PBA) Indígena, acordado com a Funai. A rodovia está em lista finalizada nesta segunda-feira (16) pelo DNIT, em resposta a pedido de informação feito pela Câmara dos Deputados.

    Os trechos são entre os kms 5,8 e 16,6 (em São Francisco do Sul, perto da terra indígena Morro Alto) e entre os kms 32,8 ao 36,7 (perto do viaduto com a BR-101, nas proximidades da terra indígena Piraí). Devido à escassez de recursos, a restrição – que alcança raio de três quilômetros no entorno das aldeias – não chega a causar grandes transtornos, afinal, há outras frentes possíveis para as obras da duplicação.

    Em estimativa, as obras e serviços previstos no PBA estão estimadas em R$ 60 milhões, mas o DNIT está tentando a revisão para reduzir o custo. Havia expectativa, não confirmada, de contratação ainda no primeiro semestre de empresa para tocar o plano. Há equipes de supervisão da duplicação acompanhando as comunidades indígenas, com encontros regulares.

    Filiação

    Evandro Censi se filiou ao MDB no sábado. O diretor-executivo da Secretaria de Cultura e Turismo apoiou Udo Döhler em 2012 pelo PSC e em 2016 pelo PTC. Desde 2017, Evandro estava sem partido. O diretor da secretaria ainda não sabe se vai concorrer a vereador, mas se diz à disposição do novo partido.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas