Florianópolis

publicidade

Saavedra

Política

Vereador explica projeto que obriga celebrações de dia das mães e dos pais

Compartilhe

Por Saavedra
17/05/2018 - 03h35 - Atualizada em: 17/05/2018 - 03h33
(Maykon Lammerhirt, Agencia RBS)

"Existe, e é bom que se diga, uma forte onda" que busca destruir a família tradicional, com o firme propósito de extinguir a figura da mãe e do pai, dando outros contornos a esta instituição milenar, apagando o primeiro e último reduto seguro do homem”. Este é um dos trechos da justificativa de Jaime Evaristo (PSC) para tornar obrigatórias as celebrações de dia das mães e dos pais nas escolas públicas de Joinville. 

Veja também: Michel Temer anuncia R$ 44,1 milhões em crédito para 8 cidades de SC

Os reflexos da crise na receita da prefeitura de Joinville

 

IMA participará de reunião sobre a cota 40 em Joinville

O Instituto do Meio Ambiente (IMA, ex-Fatma) vai participar de reunião na Câmara de Joinville na segunda para abordar aspectos dos planos de recuperação de áreas degradadas (Prads) na mineração. Há dúvidas dos vereadores em relação ao tema, tratado em projeto da Prefeitura envolvendo a LOT e a cota 40.  Ontem, foi aprovado pedido de informação sobre o projeto.

 

Vereador que discutir projeto sobre ruas sem saída

Cláudio Aragão (MDB) relata ter apresentado moção com pedido de estudos sobre o fechamento de tráfego de veículos em ruas sem saída (para quem não mora ali) com base em lei municipal de 1999. A legislação permite a limitação do trânsito em ruas residenciais sem saída, inclusive com a instalação de cancelas. A lei também alega que "todos os proprietários" precisam concordar com a medida. Aragão quer um novo debate sobre a lei, se há necessidade de alterações. 

 

3 mil vagas

A volta do estacionamento rotativo vai ter quase o dobro de vagas a serem locadas em comparação com o sistema desativado em 2013. À época, eram 1,7 mil vagas. Agora, serão duas mil na etapa inicial e mais mil nos dois anos seguintes. Levando-se em conta que várias vias do Centro receberam ciclofaixas e não poderão ter espaços para estacionamentos, a Zona Azul vai se espalhar por locais inéditos — o que vai fatalmente provocar chiadeira, até de quem defende a volta do rotativo. 

 

Leia outras publicações de Saavedra

Deixe seu comentário:

Jefferson Saavedra

Saavedra

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação
Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação