nsc
nsc

PROJETO NA CÂMARA

Vereador quer a proibição de danças sensuais em escolas públicas de Joinville

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
14/11/2019 - 14h35
Jaime Evaristo alega que projeto combate "erotização precoce" (foto: Mauro Schlieck, divulgação)
Jaime Evaristo alega que projeto combate "erotização precoce" (foto: Mauro Schlieck, divulgação)

Assim como a Assembleia Legislativa, a Câmara de Joinville também tem projeto para proibir danças sensuais em escolas públicas do município. A proposta foi apresentada nesta semana por Jaime Evaristo. O objetivo do vereador é enfrentar a “erotização precoce”. “O tempo natural da sexualização precisa ser respeitado, pois quando a criança antecipa certas vivências, ela acaba se tornando mais vulnerável, expondo-se a situações com as quais não está preparada para lidar”, alega a justificativa do projeto.

Se a proposta for aprovada, serão proibidas danças com coreografias “obscenas, pornográficas, que estimulem ou que exponham as crianças e adolescentes à erotização precoce”. A regulamentação, se necessária, é atribuição da Prefeitura. O autor da proposta na Assembleia Legislativa, Jair Miotto, é do PSC, o mesmo partido de Jaime Evaristo.

Deixe seu comentário:

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Últimas do colunista

Loading interface...
Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas