nsc
nsc

Imagem histórica

Angela Amin e MDB juntos em Florianópolis: o que diriam os retratos dos ex-governadores?

Compartilhe

Upiara
Por Upiara Boschi
02/10/2020 - 17h53 - Atualizada em: 03/10/2020 - 00h50
Registro da histórica visita de Angela Amin (PP) aos emedebistas na sede do MDB estadual
Registro da histórica visita de Angela Amin (PP) aos emedebistas na sede do MDB estadual (Foto: Divulgação)

Foi sacramentado na última quarta-feira o inusitado casamento eleitoral entre o PP da candidata a prefeita Angela Amin, de Florianópolis, e o MDB do senador Dário Berger. Os emedebistas estão na coligação da antiga adversária. O inimigo comum é o prefeito Gean Loureiro (DEM), candidato à reeleição, que deixou o MDB em 2019.

O encontro histórico entre a deputada federal, ex-prefeita e mulher do senador Esperidião Amin aconteceu na sede do MDB estadual, em Florianópolis, sob testemunho dos retratos dos cinco governadores do MDB em Santa Catarina: Pedro Ivo Campos, Casildo Maldaner, Paulo Afonso Vieira, Luiz Henrique da Silveira e Eduardo Pinho Moreira.

Como brincadeira, o colunista tenta imaginar como os retratos na parede viram o epílogo da histórica rivalidade acontecer diante de seus olhos. É o texto a seguir:

---

Uma inusitada movimentação desperta os cinco retratos emoldurados na sede do maior partido de Santa Catarina. Assustados, cochicham - totalmente ignorados pelos presentes.

- Aquela mulher que fala aos nossos não é a Angela, mulher do Esperidião Amin? - questiona Pedro Ivo Campos?

- É, sim! É a mulher do homem, a mulher do careca. E é a nossa candidata a prefeita da Capital! Será possível? - assusta-se Casildo Maldaner.

- Isso só pode ser um desses ajuntamentos do Luiz Henrique que tanto descaracterizaram o nosso MDB e fortaleceram nossos adversários - provocou Paulo Afonso, que se pudesse teria virado os olhos para o retrato ao lado.

- Esses ajuntamentos que tu diz, as polialianças, foram feitas sempre para derrotar os Amin e impedir que se repetisse aquela lavada que levaste em 1998 - rebateu Luiz Henrique da Silveira.

- Ganhaste tu, o MDB parece que não - replicou Paulo Afonso.

- Paulo, Luiz, parem de brigar. Todo dia se provocando. Isso é coisa do Dário, eu sempre disse que não dava pra confiar no emedebismo dele - encerrou Eduardo Pinho Moreira, antes que se desenvolvesse mais um debate entre os dois.

--

Alheios à hipotética conversa assustada dos ex-governadores nos retratos, a executiva municipal do MDB ouvia a fala de Angela Amin, a rival que virava aliada, candidata a prefeita de Florianópolis pelo PP na mais inusitada aliança política da história de Florianópolis.

Receba os textos, lives, podcasts e comentários na tevê de Upiara Boschi no Telegram clicando no link: https://t.me/upiaransc.

Para receber no WhatsApp, é só clicar em https://bit.ly/3hJOi9y

Upiara Boschi

Colunista

Upiara Boschi

Faz a leitura e a análise do contexto do cenário político de Santa Catarina, com informações de bastidores. Explica motivações e consequências das principais decisões tomadas nos poderes do Estado.

siga Upiara Boschi

Upiara Boschi

Colunista

Upiara Boschi

Faz a leitura e a análise do contexto do cenário político de Santa Catarina, com informações de bastidores. Explica motivações e consequências das principais decisões tomadas nos poderes do Estado.

siga Upiara Boschi

Mais colunistas

    Mais colunistas