Navegue por

publicidade

Upiara

Começo de campanha

Dez impressões sobre o primeiro debate presidencial

Compartilhe

Por Upiara Boschi
10/08/2018 - 12h21 - Atualizada em: 10/08/2018 - 14h17

Brincadeiras à parte - e elas foram muitas nas redes sociais -, o primeiro debate entre os candidatos à Presidência da República, realizado na noite de quinta-feira pela Band, traz algumas impressões sobre a campanha eleitoral que começa.

Desemprego e economia dominam primeiro debate presidencial na TV

1) Jair Bolsonaro (PSL), Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB) entraram como saíram. Vantagem para Bolsonaro, que vai derrubando a ideia de que seria desmontado em sabatinas e debates. Não está sendo.

2) Não houve um vencedor.

3) Se houvesse um vencedor, seria Ciro Gomes (PDT). Ele soltou e repetiu uma ideia de compreensão fácil e apelo popular: limpar o nome na praça. Tirando os memes, o que restou do debate no dia seguinte são os questionamentos sobre como ele vai fazer isso, se é possível ou não, se é demagogia ou não. Ou seja, instigou.

4) Fazer uma correção decente do dinheiro do trabalhador no FGTS, proposta dita e repetida por Alckmin, teria um bom apelo popular também. Mas Alckmin precisa aprender a dizer isso sem dizer que vai substituir a TR pela TLP.

5) Porte presidenciável sempre tem peso nos debates televisivos. Ciro, Marina e Alckmin levaram vantagem, mas Bolsonaro não ficou tão atrás.

6) Guilherme Boulos (PSOL) tem a fala mais compreensível às classes populares e à juventude, deve ser o mais competitivo candidato da história do PSOL. Mas às vezes parece a caricatura de um jovem Lula. Espera-se que não seja de propósito.

7) Quem esperava algo de Álvaro Dias (Podemos) vai ter que torcer para ele melhorar muito no resto da campanha.

8) Reli três vezes os tópicos anteriores para tentar lembrar quem eu não estava citando além do Cabo Dalciolo (Patriota). Isso diz muito sobre a participação de Henrique Meirelles (MDB).

9) Sem Fernando Haddad (PT) ou uma cadeira vazia, o PT de Lula foi esquecido. É um ônus a ser medido na estratégia dos petistas de manter o registro de um candidato que está preso.

10) ... (sobre Daciolo, estou sem palavras)

Deixe seu comentário:

Upiara Boschi

Upiara Boschi

Upiara Boschi

Faz a leitura e a análise do contexto do cenário político de Santa Catarina, com informações de bastidores. Explica motivações e consequências das principais decisões tomadas nos poderes do Estado.

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação