nsc
    nsc

    PSB x deputados

    Procurador eleitoral defende que Nazareno continue com mandato na Alesc

    Compartilhe

    Upiara
    Por Upiara Boschi
    12/07/2019 - 11h00
    Procuradoria entende que Nazareno não pediu desfiliação e não deve perder mandato (Foto: Rodolfo Espíndola, Agência AL / Divulgação)

    Nas ações judiciais em que o PSB pede os mandatos dos deputados estaduais Bruno Souza e Nazareno Martins por infidelidade partidária, o caso do segundo parlamentar é o mais adiantado. A Procuradoria Regional Eleitoral já se manifestou, considerando que Martins não pediu a desfiliação da legenda e por isso o caso deve ser arquivado. A defesa alega que o parlamentar apareceu desfiliado no sistema por erro da antiga direção, mas que não houve pedido do parlamentar - o que atesta a Procuradoria. 

    A situação de Nazareno Martins tem diferenças importantes em relação ao de Bruno Souza, que efetivamente fez o pedido de desfiliação em fevereiro - está sem partido. No caso dele, as testemunhas de defesa seriam ouvidas na quarta-feira. O PSB nacional acusa a antiga direção de ter feito as desfiliações na surdina para que fosse perdido o prazo para requerer os mandatos. Nesse ponto, a procurador eleitoral Roger Fabre afirma que não é caso para a Justiça Eleitoral.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas