publicidade

Navegue por
Viviane

Cultura

Univali tem curso superior de pedagogia indígena

Compartilhe

Por Viviane Bevilacqua
03/12/2018 - 17h00 - Atualizada em: 03/12/2018 - 17h00
Reunião na Aldeia Itanhaem
Dales Hoeckesfeld, Divulgação

Desde julho deste ano a Universidade do Vale do Itajaí (Univali) - Campus de Biguaçu está oferecendo o curso “Pedagogia Intercultural Indígena/Guarani”. As atividades ocorrem no campus e também em aldeias próximas. Elas são financiadas pelo Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (Uniedu) e pelo Fundo de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior (Fumdes). Envolve as comunidades das aldeias Pira Rupá e Morro dos Cavalos, de Palhoça; Itanhaém e Mbya Roká, de Biguaçu; Tekoa Vya, de Major Gercino; Tekoá Tavaí e Tekoa Marangatu, de Imaruí; Yvy Ju e Morro Alto, de São Francisco do Sul; e Pindoty, de Araquari.

As atividades têm periodicidade semanal e a equipe de profissionais que atua no curso é formada por professores da Univali, da Secretaria Estadual de Educação de Santa Catarina (SED SC) e de lideranças das comunidades indígenas Guarani de Santa Catarina. O objetivo do curso é preparar profissionais para serem professores na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental em escolas indígenas. As aulas são presenciais, distribuídas em oito semestres.

Verônica Gesser, diretora da Escola de Educação da Univali e responsável pelo desenvolvimento do currículo deste novo curso explica que a maioria das escolas indígenas brasileiras ainda está sob a responsabilidade de professores não-índios. Além disso, muitos deles não têm formação para exercer o magistério de acordo com a realidade sociolinguística e cultural desses povos. Este curso vai dar a formação necessária aos professores para desenvolverem em suas comunidades um ensino de acordo com a especificidade e os anseios da sua população.

Nesta sexta-feira, dia 7, os indígenas que integram o curso participam de um evento de intercâmbio e confraternização cultural com alunos do curso de Música da Univali de Itajaí. Eles vão compartilhar sua tradição, com músicas de sua cultura, enquanto os não-indígenas apresentarão canções de seus repertórios. A atividade é promovida pela coordenação do curso de Pedagogia Intercultural Indígena Guarani e Núcleo de Acessibilidade da Univali (NAU). Ela é gratuita, aberta ao público e ocorre às 14h, na sala 404 do bloco 2, no Campus da Univali localizado às margens da BR101, em Biguaçu.

foto
Reunião indígenas - Aldeia Itanhaem
(Foto: )

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação