nsc
hora_de_sc

Violência

24 horas de casal em motel de SC terminam com agressões e confusão vira caso de polícia

Vítima chegou a ser levada ao pronto-socorro com muito sangue no rosto e cortes na boca

31/12/2021 - 13h12

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Polícia Militar precisou ser chamada para controlar a situação no motel
Polícia Militar precisou ser chamada para controlar a situação no motel
(Foto: )

A Polícia Militar precisou ser chamada para conter uma confusão dentro de um quarto de motel em São João Batista, na Grande Florianópolis. O casal estava no local há cerca de 24 horas e fazia uso de álcool e drogas quando o homem teria se alterado e começou a agredir a mulher alegando que ela estaria "possuída pelo demônio". 

A vítima precisou ser levada ao pronto-socorro por causa dos ferimentos. O agressor assinou um termo circunstanciado e foi liberado.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Quando a PM chegou ao motel, na noite desta quinta-feira (30), encontrou o homem do lado de fora do quarto ensanguentado. Lá dentro estava a mulher, também com bastante sangue no rosto e ferimentos na boca. Ela contou que o companheiro usou cocaína e ficou violento. 

Segundo o relato da vítima aos policiais, o homem a teria pegado pelo pescoço e colocado os dedos na garanta dela enquanto rezava dizendo que ia retirar o “demônio” do corpo dela.

A mulher foi socorrida e levada ao hospital de São João Batista. O companheiro dela tinha cortes nos dedos das mãos. Ele disse à polícia “viu a vítima se transformar em um demônio na sua frente, por isso agiu dessa maneira para afugentar a entidade”. Essa informação conta no relatório da Polícia Militar.

Havia drogas no quarto, mas nenhum dos dois admitiu ser o dono. A PM também encontrou cerca de R$ 2,2 mil, que eram do homem. O carro da mulher estava na garagem do motel com os documentos e pertences pessoais e ficou aos cuidados do estabelecimento enquanto a vítima foi levada ao hospital.

A polícia informou que os ferimentos da mulher não eram graves, conforme avaliação médica. Um boletim de ocorrência foi registrado pelo crime de lesão corporal leve, homem assinou um termo circunstanciado e foi liberado.

Leia também

> Mãe mata vizinho em SC após flagrar homem tentando abusar da filha de 5 anos

> Morador de SC volta da pescaria e descobre estar milionário; vídeo mostra a reação

> Folga de Bolsonaro em SC tem passeio de jet ski, corte de cabelo e ida ao Beto Carrero

Colunistas