publicidade

SALTO PARA A HUMANIDADE

50 anos do homem na Lua: programas de TV, filmes, livros e mais dicas para celebrar a data 

Em 20 de julho de 1969, Neil Armstrong entrou para a história como o primeiro ser humano a pisar na superfície lunar

19/07/2019 - 13h25 - Atualizada em: 19/07/2019 - 23h54

Compartilhe

Por GaúchaZH

Neste sábado (20), completam-se 50 anos do primeiro passo do homem na Lua, pegada impressa pelo astronauta norte-americano Neil Armstrong, líder da missão Apollo 11, que levou ao espaço também Edwin “Buzz” Aldrin e Michael Collins. Desde a alvorada da humanidade, o brilhante satélite natural sobre a Terra é objeto de fascínio e mistério. Viver no mundo da Lua, até e depois de 20 de julho de 1969, inspira a imaginação, da mais delirante prospecção da ficção científica à mais rigorosa reprodução das bases científicas e tecnológicas que permitiram tal façanha.

Veja dicas do que ler e ver para saber mais sobre essa conquista histórica.

CINEMA

Viagem à Lua

O clássico de 1902 feito por Georges Méliès adapta Da Terra à Lua (1865), de Julio Verne e também de Os Primeiros Homens na Lua (1901), de H. G. Wells. Um professor (interpretado pelo próprio Méliès) comanda uma viagem de exploração à Lua e, ao chegar lá, o grupo precisa lidar com os habitantes, um rei hostil e o desaparecimento de pessoas.

Onde assistir: YouTube

Estrelas Além do Tempo

Katherine Johnson (Taraji P. Henson), Dorothy Vaughn (Octavia Spencer) e Mary Jackson (Janelle Monáe) são três grandes amigas que trabalham na Nasa, na década de 1960. No período que a guerra espacial entre Estados Unidos e Rússia está forte, o trio de matemáticas irá comprovar suas competências em meio ao preconceito racial.

Onde assistir: Telecine Play

O Primeiro Homem

A vida e os medos de Neil Armstrong (Ryan Gosling), o primeiro homem a pisar na Lua, são os focos desta produção. Outros lados pouco explorados pelo cinema, como a família do próprio astronauta, estão no longa-metragem que conta com a direção de Damien Chazelle, de Whiplash e La La Land.

Onde assistir: Apple Store

O Lado Sombrio da Lua

Um grupo, enviado à Lua, reencontra um antigo ônibus espacial de outra expedição. Nele, o corpo de um astronauta parece morto, com um símbolo estranho talhado em sua barriga.

Ao chegar na Terra, a pessoa acorda e se autoproclama o diabo.

Onde assistir: YouTube

lua
Cena de "O Lado Sombrio da Lua"
(Foto: )

The Last Man on the Moon

O documentário revela como foi a expedição de Eugene Cernan, que pisou na Lua em 1972 e deixou a marca das suas pegadas e as iniciais do nome da filha no satélite. Com depoimentos do próprio Cernan, o longa-metragem de 2014 mostra como a experiência mudou a vida dele.

Onde assistir: Netflix

Apollo 13 - Do Desastre ao Triunfo

No meio de mais uma missão à Lua, três astronautas são surpreendidos com explosão, obrigando-os a voltar o quanto antes para a Terra. No entanto, eles correm o risco de ficar sem oxigênio e de a nave ficar danificada. O roteiro eternizou o bordão "Houston, we have a problem" ("Houston, nós temos um problema"). Com Tom Hanks e Bill Paxton, e direção de Ron Howards.

Onde assistir: Looke

Lunar

Sam Bell (Sam Rockwell) vive há três anos na Lua, investigando seu solo, sem contato com nenhum humano. No entanto, ele sofre um acidente e começa a delirar - levando-o ao encontro de um clone seu no ambiente lunar.

Onde assistir: Looke

TELEVISÃO E STREAMING

From the Earth to the Moon

A HBO apresenta uma maratona completa da minissérie de 12 episódios, produzida por Tom Hanks e vencedora do Emmy de 1998, que revela com detalhes as conquistas e tragédias durante a longa jornada para levar o homem à Lua, compreendendo o período de 1961 a 1972. A produção teve acesso a locações reais da Nasa, incluindo as plataformas de lançamento dos foguetes. A novidade é que nesta nova versão, remasterizada, os efeitos visuais foram substituídos por efeitos gerados por computador a partir de modelos de referência da agência espacial norte-americana.

Onde assistir: no canal por assinatura HBO, sábado, a partir das 10h. Ou por streaming, a qualquer momento, no aplicativo HBO Go.

50 anos do homem na Lua

Meio século após o pouso na Lua, o History apresenta o especial inédito Pouso na Lua: Os Vídeos Perdidos que traz imagens exclusivas da jornada histórica de Neil Armstrong e Buzz Aldrin. Em seguida, o canal exibe A Conquista da Lua, um documentário em duas partes que cobre os principais acontecimentos da corrida espacial, desde o lançamento do Sputnik pela União Soviética, em 1957, até o triunfo dos Estados Unidos com a Apollo 11, em 1969, no clímax da Guerra Fria.

Onde assistir: no canal por assinatura History, sábado, a partir das 20h40min.

O Dia em que Caminhamos na Lua

Este especial reúne desde o guitarrista do Queen e doutor em astrofísica, Brian May, até Michael Collins, terceiro tripulante da Apollo 11. O documentário de John Moulson traça o que o mundo sentiu ao ver o primeiro homem pisar na Lua e ainda conta com depoimentos de membros do centro de controle da missão, como o diretor de voo Gene Kranz e o oficial de orientação, Steve Bales, e dos filhos dos astronautas Neil Armstrong e Buzz Aldrin.

Onde assistir: no canal por assinatura Smithsonian, sábado, a partir das 22h.

Mission Control: The Unsung Heroes of Apollo

Disponível na Netflix, o filme de David Fairhead traz aos holofotes a equipe da Nasa sem a qual não teria sido possível levar o homem até a Lua em segurança. Os engenheiros e técnicos responsáveis pela missão da Apollo 11 retornam aos prédios da agência cinco décadas depois do feito histórico, para recordar os momentos de tensão e glória daqueles tempos.

Onde assistir: disponível no catálogo da Netflix.

O Homem na Lua

Originalmente lançado pela Nasa em 1970, logo após a chegada do primeiro homem à Lua, o documentário ganhou uma nova versão há uma década, no aniversário de 40 anos da missão. Na produção, imagens exclusivas da agência espacial norte-americana são intercaladas com reações à missão em todo o mundo.

Onde assistir: disponível no catálogo do Philos, no Net Now.

LIVROS

A história verdadeira, de Luciano de Samósata

As primeiras descrições da superfície da Lua são fruto da pura fantasia, como nesta sátira do escritor sírio de língua grega Luciano de Samósata (120-192). Parodiando Heródoto e Homero, ele narra uma viagem de barco à Lua, onde se envolve numa guerra dos locais contra o sol.

Viagem à Lua, de Cyrano de Bergerac

Mais conhecido pela peça famosa que retrata sua vida, Cyrano de Bergerac (1619-1655) foi um autor real, que escreveu esta delirante narrativa de viagem à Lua entre 1642 e 1655. O protagonista faz mais de uma viagem com métodos exóticos e tem discussões que parodiam a sociedade de seu tempo.

Os eleitos, de Tom Wolfe

Um dos mais impactantes livros de não ficção a narrar a saga do programa espacial americano, esta reportagem de Tom Wolfe faz o perfil do primeiro grupo de astronautas. Foi adaptado em um elogiado filme dirigido por Philip Kaufman em 1983, com Dennis Quaid e Ed Harris.

Os próprios deuses, de Isaac Asimov

Lançado em 1972, e, portanto, já escrito depois da chegada do homem à Lua, este romance de Isaac Asimov imagina, em sua terceira parte, que a humanidade já estabeleceu colônias no satélite e que precisa lidar com uma nova e perigosa arma derivada da descoberta de um novo elemento.

Da terra à lua, de Júlio Verne

Um dos precursores absolutos da ficção científica ao lado de Os Primeiros Homens na Lua, de H.G. Wells, este romance do pioneiro francês Júlio Verne imagina um grupo de viajantes enviado à Lua por meio de um disparo de uma cápsula em um canhão. Foi publicado em 1865.

Deixe seu comentário:

publicidade