nsc
dc

Tecnologia

A expectativa pela ExpoDubai

Mundo afora, já há uma tendência de que os eventos voltem ao presencial

26/09/2021 - 07h00

Compartilhe

Por Fabrício Vitorino
Lucas Gnigler em Austin, no SxSW, com as freiras do Good Omens
Lucas Gnigler em Austin, no SxSW, com as freiras do Good Omens
(Foto: )

Com a pandemia dando sinais de arrefecimento, muitos grandes eventos de tecnologia, informação e empreendedorismo já vivem o dilema: pensar em ações presenciais, híbridas ou ainda virtuais? Em SC, duas apostas diferentes no mesmo mês, outubro: enquanto o RD Hostel será totalmente online, o Startup Summit anunciou que será híbrido, com eventos acontecendo no Centrosul, na capital catarinense.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Mundo afora, já há uma tendência de que os eventos voltem ao presencial – ainda que com limitações de público ou proibições (justíssimas) a quem não tenha sido vacinado. O Slush Finlândia, um dos mais importantes festivais da Europa, anunciou que vai acontecer normalmente, em dezembro, em Helsinque. Em Portugal, o WebSummit, um dos maiores do mundo, está planejado para acontecer normalmente, também de forma presencial. Assim como o South by Southwest, em Austin, nos EUA, e a ExpoDubai, nos Emirados Árabes, que deve abrir suas portas (físicas) a partir de outubro.

O catarinense Lucas Gnigler, diretor de projetos, é um dos muitos que está se preparando para a retomada. Conversamos sobre os planos – que incluem a ExpoDubai e, claro, o South by Southwest, em 2022.

– Dubai não exige vacinação de Covid-19, mas exige o PCR, então é uma atenção grande aí pra fazer o exame um dia antes de viajar. E chegando lá farei outro teste. Aí eu aguardo sair o resultado. E, no evento, também tem normas de segurança relacionadas a PCR. Então tem que tomar cuidado lá pra não não acontecer nada e ficar impossibilitado de circular. Essa é minha grande preocupação na preparação pra viagem né? – diz.

> Fortalecimento e união do setor de tecnologia para transformação social

E, claro, depois de muito tempo sem circular em eventos, a expectativa é grande.

– O último evento que eu fui foi o SxSW de 2019, logo, são 2 anos e meio. Meus objetivos em Dubai estão muito relacionados com essa reaproximação, poder falar com pessoas, poder conversar presencialmente e pessoalmente. É preciso dar uma desligada nessa rotina absurda de uma reunião atrás da outra, né? O dia inteiro no computador – finaliza.

Leia também

LGPD: como se adequar, regras, fiscalização e todas as dúvidas sobre a lei

Semana com apenas 4 dias? Saiba como trabalhar menos e ganhar mais

Pix: o que é e como funciona a forma de pagamento

Colunistas