nsc
nsc

Falando de Sexo

A importância do beijo na boca para a intimidade do casal

25/01/2018 - 07h30

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Bom dia! Meu namorado não consegue me beijar. Ele só beija meus lábios e morde! Começo a colocar a língua na boca dele e ele sai, fecha a boca. E diz que sou eu que não sei beijar.

Bem amiga, parece que está rolando uma incompatibilidade aí! Quem sabe você mostra para ele o que vamos escrever?

Leia outras colunas do Falando de Sexo

Existem várias formas de beijar e diversos tipos de beijos, dos profundos aos superficiais. Diga para o seu namorado que um beijo de língua estimula o cérebro a produzir mais substâncias que ajudam o casal a se sentir relaxado e feliz. Por isso, o beijo é um ótimo remédio contra a depressão.

O ato de beijar acelera o ritmo cardíaco e a frequência respiratória, eleva a tensão arterial e aumenta a temperatura da pele. É por isso que um beijo apaixonado desperta desejos e prazeres inexplicáveis, fazendo com que a pessoa se sinta nas nuvens.

Sintonia

O beijo é um estimulante para atrair e aproximar afetivamente as pessoas. Para aproveitar todos estes benefícios, é necessário que haja química entre as partes. Beijo forçado não vale! É necessário um acordo de desejos.

O beijo mais marcante é aquele que acontece quando os dois estão na fase do romance, da entrega. Estes costumam ser mais profundos e demorados devido à série de hormônios envolvidos no processo da conquista.

Se seus lábios não se conectam com os do seu parceiro, mas vocês se gostam, conversem e tentem, aos poucos, acertar o ritmo.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Entretenimento

Colunistas