nsc
hora_de_sc

publicidade

Imunização

A três dias do fim do prazo, Florianópolis luta para alcançar meta de vacinação contra a gripe

Capital catarinense aplicou apenas 57% das doses destinadas aos grupos de risco

28/05/2019 - 18h41 - Atualizada em: 28/05/2019 - 18h58

Compartilhe

Por Samuel Nunes
Secretaria Municipal de Saúde já admite que não será possível alcançar a meta até o fim da campanha
Secretaria Municipal de Saúde já admite que não será possível alcançar a meta até o fim da campanha
(Foto: )

Faltando apenas três dias para o fim da campanha de vacinação contra a gripe, a Secretaria de Saúde de Florianópolis ainda está trabalhando para conseguir alcançar a meta estipulada, mas já admite que será praticamente impossível até a data final, na sexta-feira (31). O número está abaixo até da média estadual, que alcançou 73,96% até esta terça-feira (28).

Os dados mais atualizados da pasta, de sexta-feira (24), mostram que 57% do público-alvo já tinha recebido a imunização. No início da campanha, o Ministério da Saúde havia determinado que os estados e municípios precisariam chegar a pelo menos 90% de cobertura.

Entre os grupos prioritários, apenas o de idosos estava mais próximo da meta. Na última medição feita pela prefeitura, 70% das pessoas acima de 60 anos já tinham recebido as doses da vacina. Em todos os demais, ainda era preciso reforçar ações para garantir a aplicação da vacina.

Uma das principais dificuldades para atingir a meta, segundo a secretaria, tem sido ampliar o horário de atendimento nas unidades de saúde. Atualmente, não há possibilidade de pagar horas-extras para que os servidores fiquem mais tempo aplicando as doses.

Na terça-feira (27), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, chegou a afirmar que a pasta prorrogaria o prazo da campanha de vacinação, que se encerra na sexta-feira (30), em todo o país. No entanto, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive-SC) informou que isso não foi confirmado pelo governo federal. Por esse motivo, a campanha encerrará, até segunda ordem, no dia 30 de maio, conforme previsto anteriormente.

Sem uma definição, a Secretaria Municipal de Saúde planeja fazer mais um dia D de vacinação, no sábado (1º). A ideia é que as unidades de saúde funcionem das 8h às 17h, sem intervalo para o almoço.

Situação na Grande Florianópolis

Nas principais cidades da Grande Florianópolis, apenas Palhoça atingiu a meta de vacinar mais de 90% do público-alvo, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Conforme o sistema Datasus, 95,15% das 37.675 pessoas aptas a receber as doses já tinham sido imunizadas na cidade, até a tarde desta terça-feira (28).

Em São José, a vacinação já tinha a vacina já tinha sido aplicada em 64.439 pessoas, o equivalente a 89,59% do público-alvo. Já em Biguaçu, 88,11% das pessoas que poderiam receber as doses tinham sido imunizadas.

Saiba onde buscar a vacina

A vacina da gripe é aplicada em todas as unidades básicas de saúde espalhadas pelo estado. As doses são gratuitas para pessoas acima de 60 anos, portadoras de doenças crônicas, gestantes e mulheres puérperas e também para crianças entre seis meses e 6 anos de idade.

A vacina também está disponível para profissionais de saúde e também agentes das forças de segurança, independente da idade.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Saúde

publicidade

Colunistas

    publicidade

    publicidade

    publicidade