nsc
    dc

    Sul de SC

    Aeroporto de Jaguaruna busca homologação temporária de unidade de combate a incêndio

    Com a liberação, expectativa é que a Latam volte a operar no terminal

    07/05/2019 - 11h13

    Compartilhe

    Lariane
    Por Lariane Cagnini
    (Foto: )

    O Aeroporto Regional Humberto Bortoluzzi, de Jaguaruna, aguarda a homologação da unidade de combate em incêndio em caráter temporário. A informação é do diretor comercial da RDL André Costanzo, empresa que administra o terminal. Enquanto o serviço não estiver ativo, os voos da empresa aérea Latam continuam suspensos pelo menos até o dia 11, sábado, segundo a empresa.

    — O compromisso assumido através da Secretaria da Infraestrutura, em conversa com o superintendente na ANAC Rafael José Botelho Faria, é que a ANAC fará a homologação da nossa unidade de combate a incêndio em caráter temporário, até concluirmos a atualização dos cursos dos bombeiros — explicou.

    A Latam não opera no terminal desde o dia 11 de abril, em virtude da suspensão do Serviço de Prevenção, Salvamento e Combate a Incêndio (SESCINC) do local. O aeroporto tem caminhão e bombeiros a postos, porém os profissionais precisam atualizar os cursos e por isso uma notificação foi emitida pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para a rede interna das empresas aéreas.

    Mesmo assim, a RDL argumenta que a resolução 455 da ANAC isenta qualquer aeroporto que recebe menos de 200 mil passageiros ao ano de oferecer o serviço. Jaguaruna movimentou 135 mil em 2018, e por isso não necessita do serviço. Apesar da resolução, a Latam informou que por questões de segurança não está operando no terminal.

    Em nota, a Latam disse que lamenta os possíveis inconvenientes que a situação, alheia à vontade da empresa, possa causar. Os passageiros afetados pela suspensão podem efetuar a remarcação ou reembolso integral de seus bilhetes sem custo adicional, segundo a empresa. Dúvidas e informações, os clientes podem entrar em contato pelos telefones 4002-5700 (capitais) ou 0300-570-5700 (demais localidades).

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas