nsc
dc

PMF

Alô Saúde Floripa ultrapassa 140 mil atendimentos durante a pandemia

Serviço foi o primeiro no país a oferecer teleconsultas e atendimentos pré-clínicos remotos pelo SUS

26/04/2021 - 09h19 - Atualizada em: 14/06/2021 - 13h20

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Saúde
Central de atendimento telefônico do Alô Saúde Floripa
(Foto: )

Em menos de duas semanas após ser confirmado o primeiro caso de infecção por coronavírus no Brasil, a população de Florianópolis passou a contar com os atendimentos remotos do Alô Saúde Floripa. O serviço vinha sendo desenvolvido há quatro anos e ganhou força durante a pandemia, realizando mais de 140 mil atendimentos em pouco mais de um ano.

>> Florianópolis ocupa o primeiro lugar entre as cidades com melhor saúde do país

O teleatendimento, disponível 24 horas por dia, inclusive nos fins de semana, tem sido fundamental no combate à pandemia, desde a prevenção ao pré-clínico. Nos últimos meses, as equipes do Alô Saúde vêm ajudando, também, na vacinação contra a Covid-19, conferindo e atualizando cadastros no Sistema Único de Saúde. Somente em março deste ano, foram realizadas em torno de sete mil atualizações de cadastros de pessoas dos primeiros grupos de vacinação.

Além do coronavírus

Embora os casos suspeitos (e confirmados) de Covid-19 sejam a maioria – foram cinco mil, no último mês –, as equipes do Alô Saúde são treinadas para orientar a população a respeito do uso de medicamentos (e dos perigos de se automedicar); sobre surtos de outras doenças, como sarampo; calendário de vacinação de diversas doenças, tirando possíveis dúvidas como quem pode ou não tomar determinado imunizante; dúvidas sobre gravidez e amamentação; além de investigar previamente diferentes sintomas.

Esse pré-atendimento permite um encaminhamento mais assertivo a consultas com especialistas e, em muitos casos, é suficiente para que o paciente tire suas dúvidas, evitando idas desnecessárias a postos de saúde ou hospitais e reduzindo, assim, a sobrecarga no sistema de saúde.

Serviço é referência nacional

A Secretaria Municipal de Saúde destaca que a agilidade na implantação do Alô Saúde Floripa se deve ao fato de o município já vinha investindo há quatro anos na modernização e ampliação do atendimento remoto aos cidadãos, com a aquisição de linhas telefônicas, computadores e o treinamento de médicos, enfermeiros e outros profissionais que compõem as equipes de atendimento. A pandemia acelerou esse processo e, assim, Florianópolis foi a pioneira nesse tipo de atendimento, servindo de referência para cidades de todas as regiões do país e para o governo federal.

O Alô Saúde Floripa foi estruturado após análises científicas, estudos de validação dos protocolos e de impactos na economia, tendo como base modelos já utilizados em sistemas públicos ou privados em outros países.

A gestão do Alô Saúde Floripa informa que serviço de orientação (para dúvidas sobre a Covid-19 e outros sintomas ou doenças), atendimento pré-clínico e outras informações de saúde está disponível gratuitamente a toda população de Florianópolis, em regime 24x7 (24 horas por dia, sete dias por semana), pelo telefone 0800-333-3233, com ligações ilimitadas. Os usuários podem tirar dúvidas relacionadas à saúde diretamente no site.

Há ainda o aplicativo do Alô Saúde disponível para Android e IOS. O Alô Saúde Floripa dá o número das equipes de Saúde que podem conversar com as equipes de saúde via chat ao vivo ou videochamadas, ler notícias de saúde e outras informações.

LEIA TAMBÉM

Crianças com autismo participam de aulas gratuitas de estimulação aquática em Florianópolis

Pandemia: Prefeitura de Florianópolis aumenta o efetivo de profissionais da saúde

Colunistas